- Publicidade-
Smooth Jazz Rádio Calema
Inicio Mundo Lusófono Portugal Mais 14 mortes e 297 novos casos de Covid-19 em Portugal

Mais 14 mortes e 297 novos casos de Covid-19 em Portugal

Também há mais 223 pessoas recuperadas da doença.

A Direção-Geral da Saúde (DGS) anunciou este domingo a existência de 1.410 mortes e 32.500 casos de Covid-19 em Portugal, desde o início da pandemia.

O número de óbitos subiu, de ontem para hoje, de 1.396 para 1.410 – um aumento de 1% -, mais 14, enquanto o número de infetados aumentou de 32.203 para 32.500, mais 297, o que representa um aumento de 0,9%.

O número de recuperados da Covid-19 também subiu em 24 horas de 19.186 para 19.409, mais 223 – o que perfaz um aumento de 1,2%.

A região Norte continua a ser a que regista o maior número de mortos (784), seguida da região de Lisboa e Vale do Tejo (357), do Centro (238), do Algarve e dos Açores (ambos com 15) e do Alentejo, que regista um óbito, adianta o relatório da situação epidemiológica, com dados atualizados até às 24:00 de sábado, mantendo-se a Região Autónoma da Madeira sem registo de óbitos.

Segundo os dados da Direção-Geral da Saúde, 717 vítimas mortais são mulheres e 693 são homens.

Das mortes registadas, 948 tinham mais de 80 anos, 274 tinham entre os 70 e os 79 anos, 125 tinham entre os 60 e 69 anos, 45 entre 50 e 59, 15 entre os 40 e os 49. Subiu para dois os mortos entre os 20 e os 29 anos. Há ainda um outro óbito na faixa etária entre os 30 e os 39 anos.

A caracterização clínica dos casos confirmados indica que 474 doentes estão internados em hospitais, menos 40 do que na sexta-feira, e 64 estão em Unidades de Cuidados Intensivos, mais um do que no dia anterior.

A recuperar em casa estão 11.207 pessoas.

Os dados da DGS precisam que o concelho de Lisboa é o que regista o maior número de casos de infeção pelo novo coronavírus (2.400), seguido por Vila Nova de Gaia (1.568), Porto (1.357), Matosinhos (1.280), Braga (1.225) e Gondomar (1.083).

Desde o dia 01 de janeiro, registaram-se 325.026 casos suspeitos, dos quais 2.016 aguardam resultado dos testes.

Há 290.510 casos em que o resultado dos testes foi negativo, refere a DGS, adiantando que o número de doentes recuperados subiu para 19.409 (mais 220 do que no sábado).

A região Norte continua a registar o maior número de infeções, totalizando 16.760, seguida pela região de Lisboa e Vale do Tejo, com 11.142, da região Centro, com 3.744, do Algarve (370) e do Alentejo (259).

Os Açores registam 135 casos de covid-19 e a Madeira contabiliza 90 casos confirmados, de acordo com o boletim hoje divulgado.

A DGS regista também 27.924 contactos em vigilância pelas autoridades de saúde.

Do total de infetados, 18.644 são mulheres e 13.856 são homens.

A faixa etária mais afetada pela doença é a dos 40 aos 49 anos (5.459), seguida da faixa dos 50 aos 59 anos (5.365) e das pessoas com idades entre os 30 e 39 anos (4.918).

Há ainda 4.545 doentes acima dos 80 anos, 4.296 entre os 20 e os 29 anos, 3.546 entre os 60 e 69 anos e 2.600 com idades entre 70 e 79 anos.

A DGS regista igualmente 673 casos de crianças até aos nove anos e 1.101 jovens com idades entre os 10 e os 19 anos.

De acordo com a DGS, 40% dos doentes positivos ao novo coronavírus apresentam como sintomas tosse, 29% febre, 21% dores musculares, 20% cefaleia, 15% fraqueza generalizada e 11% dificuldade respiratória.

Esta informação refere-se a 91% dos casos confirmados.

A nível global, segundo um balanço da agência de notícias AFP, a pandemia de covid-19 já provocou mais de 364 mil mortos e infetou mais de 5,9 milhões de pessoas em 196 países e territórios.

Mais de 2,4 milhões de doentes foram considerados curados.

- Publicidade -
- Publicidade -

João Lourenço responsabiliza UNITA de incitar jovens à desobediência civil

Presidente angolano diz esperar que jornalistas não venham a ser detidos, mas adverte que autoridades vão manter a ordem. O Presidente angolano responsabilizou a UNITA...
- Publicidade -

Manifestação: Tribunal está a interrogar os detidos à porta fechada – Por dia serão ouvidos cerca de 20 cidadãos

Entre os primeiros cidadãos, do grupo dos 103 detidos, ouvidos esta terça-feira no Tribunal Provincial de Luanda "Palácio D. Ana Joaquina", está o secretário-geral...

Marido de Isabel dos Santos morre afogado no Dubai

O marido de Isabel dos Santos, Sindika Dokolo, morreu num acidente no mar no Dubai. A notícia está a ser avançada por jornais internacionais....

Angola substitui Código Penal da era colonial

A Assembleia Nacional aprovou hoje, terça-feira, 27, o novo Código Penal, com 167 votos a favor, nenhum contra, e a abstenção de dois deputados...

Notícias relacionadas

João Lourenço responsabiliza UNITA de incitar jovens à desobediência civil

Presidente angolano diz esperar que jornalistas não venham a ser detidos, mas adverte que autoridades vão manter a ordem. O Presidente angolano responsabilizou a UNITA...

Manifestação: Tribunal está a interrogar os detidos à porta fechada – Por dia serão ouvidos cerca de 20 cidadãos

Entre os primeiros cidadãos, do grupo dos 103 detidos, ouvidos esta terça-feira no Tribunal Provincial de Luanda "Palácio D. Ana Joaquina", está o secretário-geral...

Marido de Isabel dos Santos morre afogado no Dubai

O marido de Isabel dos Santos, Sindika Dokolo, morreu num acidente no mar no Dubai. A notícia está a ser avançada por jornais internacionais....

Angola substitui Código Penal da era colonial

A Assembleia Nacional aprovou hoje, terça-feira, 27, o novo Código Penal, com 167 votos a favor, nenhum contra, e a abstenção de dois deputados...

Manifestação: Comité para a Protecção dos Jornalistas acusa polícia de perseguição e intimidação a jornalistas e exige medidas que garantam a liberdade de imprensa

O Comité para a Protecção dos Jornalistas (CPJ, sigla em inglês), com sede em Nova Iorque, EUA, critica fortemente a polícia angolana por ter...
- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.