- Publicidade-
Smooth Jazz Rádio Calema
Inicio Angola Sociedade Mortes por acidentes caíram em 50 por cento

Mortes por acidentes caíram em 50 por cento

Cerca de 146 mortes por acidente de viação foram registadas pelas Forças de Defesa e Segurança no país, durante o Estado de Emergência, que vigorou entre 27 de Março e 25 de Maio (60 dias), com redução de 327, em relação ao igual período anterior.

O facto foi anunciado hoje no Centro de Imprensa Aníbal da Melo (CIAM), pelo porta-voz do Ministério do Interior, Waldermar José, precisando que as mortes são consequência de 775 acidentes contra mil 406 do período anterior, representando uma diminuição na ordem dos 48 por cento.

Segundo o responsável, os sinistros rodoviários causaram ferimentos a 748 pessoas (56%), menos mil e 927 (56%) se comparado aos dois meses anteriores, enquanto os índices criminais diminuíram na ordem de três mil 791 delitos.

Waldemar José relatou que neste período foram detidos nove mil 540 cidadãos suspeitos, implicados sobretudo em crimes de homicídios voluntários (83), homicídios frustrados (42), violações sexuais (116), ofensas corporais (1.144), roubos (1.436) e furtos (1.709).

Nesta fase, foram desmantelados e detidos 69 elementos pertencentes a nove grupos de marginais tidos como “altamente perigosos”.

Relativamente à actuação operacional directamente ligada à covid-19, destacou quinze mil e 658 detenções, sendo, três mil 121 por desobediência do exercício da actividade de moto-táxi, dois mil 729 por excesso de lotação e dois mil 356 por desacato a agentes da autoridade.

Acrescentou que mil 840 “conheceram as selas” por desobediência à ordem de regresso e 111 por celebração de cultos, evolvendo as igrejas Adventista do 7º Dia, Adventista Fé Apostólica do 7º dia, Bom Deus, Igreja Evangélica Sinai de Angola, MEESA, IEIA, Católica, IECA e IESA.

Do relatório, consta igualmente 169 crimes por violação das cercas sanitárias nacional e provincial, 60 por especulação de preços, 31 por corrupção, 2 por violação de quarentena obrigatória, 11 por posse ilegal de armas de fogo e 5 por agressão física às forças.

De acordo com Waldemar José, a lista inclui igualmente 3 crimes por atropelamento às forças, 81 por venda ambulante em dia impróprio e 1 por venda de carne imprópria para o consumo humano (carne de cão), no município da Baía-Farta, Benguela.

Relativamente à violação de fronteiras, reportou o registo de cinco mil 138 casos, além de 31 mil e 58 apreensões, nomeadamente de 10 mil e 429 viaturas, sendo 10 mil e 19 por excesso de lotação e 410 por circulação fora do horário estabelecido.

Por exercício ilegal de serviço de moto-táxi, foram apreendidos 20 mil 445 motorizadas, 184 armas de fogo de diversos calibres, além de encerrados mercados e lojas, num total de 10 mil e 762 estabelecimentos (oito mil e 13 mercados informais, dois mil 694 armazéns e lojas, 45 cantinas, 2 empresas e 8 roulotes).

O porta-voz do Ministério do Interior informou, na ocasião, que durante os 60 dias de Estado de Emergência foram encerrados também dois mil 948 templos e locais de culto; recolhidos 21 mil e 743 cidadãos por circulação desnecessária.

Referiu-se também à má conduta de vendedores ambulantes e a condenação sumária, nos tribunais de jurisdição comum, de mil 606 cidadãos, sendo 1.474 por desobediência da limitação à liberdade de circulação, 125 por especulação de preços e sete por violação à cerca sanitária.

A nível da actuação dos efectivos prevaricadores, sublinhou, houve o registo de 185 processos, sendo 157 de averiguações e 28 disciplinares. Destes 10 remetidos à Polícia Judiciaria Militar (PJM), estando nove a correr os trâmites no Serviço de Investigação Criminal (SIC).

Quanto à cerca sanitária nacional, informou terem sido fiscalizadas 35 mil 759 viaturas, transportando diversos bens de primeira necessidade entre as distintas províncias do país e outras provenientes da África do Sul, Congo Brazzaville e Namíbia.

“Executamos nesse período 762 mil e 887 acções de sensibilização, 59 mil e 400 policiamentos ostensivos de persuasão; 33 mil e 796 barreiras de trânsito; 19 mil 373 dispersões de aglomerações; e cinco mil e 150 vigilâncias em unidades hospitalares”, descreveu.

Nesse período, foram ainda registados 102 recolhas compulsivas de incumpridores da quarentena domiciliar, 233 impedimentos de actividades desportivas e 21 intervenções para limitar o número de participantes em cerimónias fúnebres.

- Publicidade -
FonteAngop
- Publicidade -

Países Baixos vão abrir ação judicial contra Rússia em relação à queda do MH17

A notícia surge após o Ministério Público holandês concordar em adiar as audiências de Setembro a Outubro deste ano para Fevereiro e Março de...
- Publicidade -

Cerca de 700 familiares de membros do grupo Estado Islâmico faleceram em campos na Síria

Em conferência de imprensa esta quinta-feira, Vladimir Vorontsov, chefe da luta antiterrorismo na ONU alertou que pelo menos 700 pessoas, essencialmente mulheres e crianças,...

Detido idoso por violar sexualmente menor de sete anos

Um idoso de 61 anos de idade foi detido, esta semana, nos arredores da cidade do Huambo, depois de violar sexualmente uma menor de...

João Lourenço aproveita revisão do OGE 2020 para reforçar áreas sociais… e a Presidência

O Ministério da Justiça é um dos órgãos que vê a sua dotação financeira reforçada na revisão do Orçamento Geral de Estado (OGE), mas...

Notícias relacionadas

Países Baixos vão abrir ação judicial contra Rússia em relação à queda do MH17

A notícia surge após o Ministério Público holandês concordar em adiar as audiências de Setembro a Outubro deste ano para Fevereiro e Março de...

Cerca de 700 familiares de membros do grupo Estado Islâmico faleceram em campos na Síria

Em conferência de imprensa esta quinta-feira, Vladimir Vorontsov, chefe da luta antiterrorismo na ONU alertou que pelo menos 700 pessoas, essencialmente mulheres e crianças,...

Detido idoso por violar sexualmente menor de sete anos

Um idoso de 61 anos de idade foi detido, esta semana, nos arredores da cidade do Huambo, depois de violar sexualmente uma menor de...

João Lourenço aproveita revisão do OGE 2020 para reforçar áreas sociais… e a Presidência

O Ministério da Justiça é um dos órgãos que vê a sua dotação financeira reforçada na revisão do Orçamento Geral de Estado (OGE), mas...

Comissário Alexandre Canelas assume lista de consenso à presidência do Interclube

Depois de terem inicialmente assumido as candidaturas individuais nas eleições do Interclube, Alexandre Canelas e António Camulogi decidiram juntar os seus programas, com a...
- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.