- Publicidade-
Smooth Jazz Rádio Calema
Inicio Mundo Lusófono Moçambique “Lembre-se dos milhões de pobres moçambicanos”, apela o CIP à justiça do...

“Lembre-se dos milhões de pobres moçambicanos”, apela o CIP à justiça do Reino Unido que julga ‘dívidas ocultas’

O Centro de Integridade Pública (CIP) apela à justiça do Reino Unido, que iniciou as audiências de um caso relacionado com escândalo das dividas ocultas, para que “no momento de decidir, lembre-se dos milhões de pobres moçambicanos que ficaram mais empobrecidos vítimas da fraude”.

Trata-se do caso CL-2019-000127, no qual o Estado moçambicano pede a anulação de garantias soberanas, emitidas pelo ex-ministro das Finanças, Manuel Chang, para viabilizar uma dívida da ProIndicus na ordem de 622 milhões de dólares.

O valor foi disponibilizado, em 2013, pelo banco Credit Suisse, alegadamente para projectos de protecção costeira, que nunca foram vistos.

No caso iniciado pela iniciado pela Procuradoria Geral da República (PGR), em representação do Estado moçambicano, contra 10 réus, incluindo o Credit Suisse International, três funcionários do Credit Suisse (Surjan Singh, Andrew James Pearse e Detelina Subeva), e a construtora naval Privinvest, de Abu Dhabi.

Além de pedir a declaração de que Moçambique não é responsável pelas garantias soberanas assinadas por Chang, a PGR quer a condenação dos réus a pagar indemnização a Moçambique pelas perdas e danos causados.

O Estado moçambicano diz que Chang não teve autorização para assinar as garantias do empréstimo. O Credit Suisse e seus antigos empregados são citados a negar a responsabilidade pelos danos causados a Moçambique; e Privinvest diz que o tribunal inglês não é competente para julgar o caso.

Ao mesmo tempo que considera um passo importante o inicio do julgamento na Inglaterra, o CIP “exige e espera que a justiça moçambicana também avance com o julgamento do processo das dívidas ocultas e que os autores sejam responsabilizados pelos danos causado ao Estado”.

- Publicidade -
FonteVoA
- Publicidade -

Produtos deteriorados: SIC e AAAC desmantelam rede no Sambizanga

A Brigada de Delitos Económicos afectos ao Serviço de Investigação Criminal (SIC) com o apoio da Associação Angolana de Ajuda ao Consumidor (AAAC), ‘desmantelou’...
- Publicidade -

Huambo: Manifestações colocam UNITA e Polícia Nacional de costas viradas

De acordo com o maior partido na oposição, a Polícia Nacional, atacou a tiros, na noite desta quarta-feira, 28, a sede da UNITA na...

Suspeito de esconder celular em busca da nona fase da Operação Calvário é preso pela PF, na PB

Aparelho foi localizado na casa de ex-assessor de conselheiro do Tribunal de Contas da Paraíba. Operação investiga esquema de desvio de recursos da saúde...

Tenet chega aos cinemas brasileiros

Adiado várias vezes por causa da pandemia de coronavírus, "Tenet" finalmente estreou nos cinemas brasileiros nesta quinta (29/10), mas sem causar o furor imaginado...

Notícias relacionadas

Produtos deteriorados: SIC e AAAC desmantelam rede no Sambizanga

A Brigada de Delitos Económicos afectos ao Serviço de Investigação Criminal (SIC) com o apoio da Associação Angolana de Ajuda ao Consumidor (AAAC), ‘desmantelou’...

Huambo: Manifestações colocam UNITA e Polícia Nacional de costas viradas

De acordo com o maior partido na oposição, a Polícia Nacional, atacou a tiros, na noite desta quarta-feira, 28, a sede da UNITA na...

Suspeito de esconder celular em busca da nona fase da Operação Calvário é preso pela PF, na PB

Aparelho foi localizado na casa de ex-assessor de conselheiro do Tribunal de Contas da Paraíba. Operação investiga esquema de desvio de recursos da saúde...

Tenet chega aos cinemas brasileiros

Adiado várias vezes por causa da pandemia de coronavírus, "Tenet" finalmente estreou nos cinemas brasileiros nesta quinta (29/10), mas sem causar o furor imaginado...

Covid-19: Angola anuncia 371 recuperados e 289 novos casos

As autoridades sanitárias anunciaram, nesta sexta-feira, o registo de 371 recuperados, 289 novas infecções e quatro óbitos, nas últimas 24 horas, no país. Segundo o...
- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.