- Publicidade-
Smooth Jazz Rádio Calema
Inicio Mundo Lusófono Brasil Brasil supera as 25.000 mortes por COVID-19

Brasil supera as 25.000 mortes por COVID-19

O Brasil registrou nesta quarta-feira (27) 1.086 novas mortes e 20.599 casos de COVID-19 em 24 horas, superando a marca de 25.000 falecidos e 400.000 contágios na pandemia, cujo epicentro mundial agora é a América Latina.

Esta é a segunda vez que o país tem mais de 20.000 casos em um único dia, de acordo com os balanços publicados pelo Ministério da Saúde.

O Brasil totalizava até esta quarta-feira 411.821 casos e 25.598 mortes por COVID-19. No entanto, para especialistas o número de contagiados pode ser até 15 vezes maior, devido à subnotificação provocada pela falta de exames.

É o segundo país com mais diagnósticos no mundo e que registrou o maior número de mortes diárias nos últimos dias, chegando a superar os Estados Unidos.

Mas nas últimas 24 horas, a cifra de mortes voltou a aumentar nos Estados Unidos, com 1.401 óbitos adicionais, após três dias seguidos com registros abaixo dos 700. O total de falecimentos chegou, assim, a 100.396 naquele país, segundo a Universidade Johns Hopkins.

No Brasil, o estado de São Paulo se mantém como o epicentro da pandemia, com 89.483 casos e 6.712 falecidos. Apesar destes números, o governador de São Paulo, João Doria, anunciou nesta quarta um plano de reabertura gradual da economia, que será aplicado a partir de 1º de junho por regiões e considerará critérios sanitários para permitir o funcionamento de comércios não essenciais.

O avanço da pandemia no país tem sido marcado pela falta de coordenação entre o presidente Jair Bolsonaro e governadores e prefeitos. As medidas de confinamento para conter a propagação do vírus, frequentemente criticadas por Bolsonaro, são a principal desavença.

A posição de Bolsonaro, que chegou a qualificar como “gripezinha” uma doença que já matou mais de 352.000 pessoas em todo o mundo, também levou à saída dos ministros da Saúde Luiz Henrique Mandetta e Nelson Teich em menos de um mês.

A pasta é administrada interinamente pelo general Eduardo Pazuello desde 15 de maio.

- Publicidade -
FonteAFP
- Publicidade -

Renamo pede que Afonso Dhlakama seja declarado herói nacional

A Renamo voltou a propor que o seu fundador e líder histórico Afonso Dhlakama seja declarado herói nacional, uma proposta vista com bons olhos...
- Publicidade -

Moçambique: MDM acusa FRELIMO de atacar a sua comitiva em Inhambane

O partido no poder já negou as acusações da segunda maior força da oposição. Mesmo assim o MDM exige que a polícia esclareça o...

Beto Kaputo: “Fugimos com a farda e as armas portuguesas a partir de Cabinda”

“Boa tarde, eu sou o Beto Kaputo”. Foi assim que a equipa do Jornal OPAÍS foi recebida na residência deste general de três estrelas,...

Empresário condenado na Suíça por corrupção de quadros da Sonangol

A justiça suíça condenou ex-administrador de uma empresa holandesa, que reside em Portugal, por corrupção de vários quadros da petrolífera estatal angolana Sonangol. 5,8...

Notícias relacionadas

Renamo pede que Afonso Dhlakama seja declarado herói nacional

A Renamo voltou a propor que o seu fundador e líder histórico Afonso Dhlakama seja declarado herói nacional, uma proposta vista com bons olhos...

Moçambique: MDM acusa FRELIMO de atacar a sua comitiva em Inhambane

O partido no poder já negou as acusações da segunda maior força da oposição. Mesmo assim o MDM exige que a polícia esclareça o...

Beto Kaputo: “Fugimos com a farda e as armas portuguesas a partir de Cabinda”

“Boa tarde, eu sou o Beto Kaputo”. Foi assim que a equipa do Jornal OPAÍS foi recebida na residência deste general de três estrelas,...

Empresário condenado na Suíça por corrupção de quadros da Sonangol

A justiça suíça condenou ex-administrador de uma empresa holandesa, que reside em Portugal, por corrupção de vários quadros da petrolífera estatal angolana Sonangol. 5,8...

Ministério da Educação descontente com a suspensão das aulas presenciais na Escola Portuguesa de Luanda

O Ministério da Educação (MED) angolano reagiu com "surpresa" e "desagrado" à decisão da Escola Portuguesa de Luanda de suspender as aulas presenciais, a...
- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.