InicioVidaRegisto de MemóriasHeinrich Himmler: como um carimbo falso levou à captura do líder da...

Heinrich Himmler: como um carimbo falso levou à captura do líder da SS, a polícia nazista

Um documento fundamental para a captura do líder nazista Heinrich Himmler veio à público 75 anos depois de sua morte.

Em 22 de maio de 1945, um trio de homens foi avisado por uma patrulha em um ponto de controle na região de Bremervörde, na Alemanha.

A Segunda Guerra Mundial (1939-45) havia terminado na Europa semanas antes, mas muitos nazistas estavam foragidos e temia-se que eles se reestruturassem ou fugissem.

Dois dos homens vestiam sobretudos verdes e caminhavam à frente do terceiro integrante. Este, por sua vez, estava com um tapa-olho e parecia devastado.

O trio foi levado a uma unidade militar onde soldados britânicos pediram seus documentos. Eles apresentaram papéis no tamanho de um A4 que foram entregues a soldados alemães no fim da guerra como se fossem carteiras de identidade, com seus nomes, patentes, datas de nascimento e outras informações.

O homem que seguia atrás no trio se apresentou como o sargento Heinrich Hizinger. Ele achava que o documento de baixa patente facilitaria sua passagem, mas estava errado.

Isso porque um dos carimbos oficiais usados no documento dele e dados da unidade militar a que supostamente pertencia chamou a atenção porque essas informações eram iguais às encontradas por membros do serviço de inteligência britânico em documentos falsos usados por membros da SS (polícia nazista) para tentar fugir.

(DR)

A ordem era deter todos que estivessem com esses documentos, e o trio foi enviado para um centro de detenção.

Uma vez ali, o homem que se apresentava como Hizinger pediu para conversar com alguma autoridade responsável pelos prisioneiros. Mesmo sem ter sido desmascarado, ele temia que isso não duraria muito e pensou que poderia barganhar sua saída dali. Então ele tirou seu tapa-olho e calmamente revelou que era.

Hizinger era, na verdade, Heinrich Himmler, líder que chefiava a SS (Schutzstaffel) e foi peça-chave no Holocausto, campanha nazista para exterminar os judeus na Europa. Mais de 6 milhões de pessoas foram mortas.

Himmler estava no círculo mais próximo de Adolf Hitler e tinha o título de “Reichsfuehrer SS”. Ele comandou os esquadrões que assassinaram judeus, polacos, soviéticos, ciganos e outros grupos classificados como “racialmente inferiores”.

Depois da morte de Adolf Hitler em seu bunker, Himmler se tornou um dos líderes nazistas mais procurados pelos Aliados por causa de seu papel à frente de muitos dos piores crimes do Terceiro Reich.

Enquanto os britânicos investigavam se aquele homem detido era de fato quem dizia ser, um médico, o capitão Wells, foi designado para examinar Himmler. Mas os dois começaram uma luta depois que o médico encontrou um objecto azul escondido na bochecha do militar alemão.

FonteDW

Siga-nos

0FansCurti
0SeguidoresSeguir
0InscritosSe inscrever

Últimas notícias

Notícias relacionadas

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.