- Publicidade-
Smooth Jazz Rádio Calema
Inicio Mundo Lusófono Brasil Ex-ministro da saúde brasileiro recusa convite para regressar ao governo como conselheiro...

Ex-ministro da saúde brasileiro recusa convite para regressar ao governo como conselheiro do Ministério

O médico oncologista anunciou a sua decisão através das redes sociais, justificando que seria incoerente regressar ao Ministério da Saúde após ter renunciado ao cargo tão recentemente.

O ex-ministro da Saúde brasileiro Nelson Teich, que renunciou ao cargo há uma semana por divergências com o Presidente Jair Bolsonaro, recusou hoje um convite para regressar ao Governo como conselheiro do Ministério.

O médico oncologista anunciou a sua decisão através das redes sociais, justificando que seria incoerente regressar ao Ministério da Saúde após ter renunciado ao cargo tão recentemente.

“Agradeço ao ministro interino Eduardo Pazuello o convite, mas seria incoerente da minha parte ter deixado o cargo de ministro a semana passada e aceitar o cargo de conselheiro uma semana depois”, escreveu Teich na rede social Twitter.

Numa outra mensagem, Teich referiu que o seu objectivo enquanto ministro foi criar um modelo mais técnico de gestão que permitisse aumentar a eficiência do sistema de saúde.

“Ser mais técnico não significa ter uma conduta médica mais técnica. Isso seria tratar o problema de uma maneira simplista. Uma conduta técnica do sistema de saúde significa uma gestão onde a estratégia, planificação, metas e acções estão baseadas em informações amplas e precisas, acompanhadas continuadamente por indicadores”, escreveu.

Teich foi nomeado ministro da saúde por Bolsonaro a 17 de Abril depois de este ter destituído Luiz Henrique Mandetta, um firme defensor dos períodos de quarentena em época de pandemia por covid-19 uma medida que não agrada ao presidente brasileiro.

O Brasil contabiliza mais de 21.000 mortos e mais de 330.800 contaminados, sendo o segundo pais no mundo com mais infecções, atrás dos Estados Unidos (mais de 1,6 milhões de casos).

- Publicidade -
FonteLusa/JE
- Publicidade -

Novo vice-governador de Cabinda apela ao diálogo

O novo vice governador para o sector social e político de Cabinda Miguel dos Santos Oliveira defendeu “o diálogo permanente” para se estabilizar a...
- Publicidade -

Com mais de 34 mil mortes, Brasil passa Itália e é o 3° país em que coronavírus mais matou

O Brasil registrou 1.473 óbitos por coronavírus nas últimas 24 horas e o número total de mortes causadas pela pandemia no país chegou a...

Morte de inspector não está ligada à corrupção no Kwanza Sul, dizem autoridades

A Procuradoria da República do Kwanza Sul disse não haver qualquer ligação entre o assassinato em Luanda de um inspector das Finanças e uma...

COVID-19: Autoridades intensificam despiste na cidade da Praia

As autoridades sanitárias cabo-verdianas prosseguem com a campanha de realização de testes rápidos nos diferentes bairros da Praia, com o objectivo de detectar anticorpos...

Notícias relacionadas

Novo vice-governador de Cabinda apela ao diálogo

O novo vice governador para o sector social e político de Cabinda Miguel dos Santos Oliveira defendeu “o diálogo permanente” para se estabilizar a...

Com mais de 34 mil mortes, Brasil passa Itália e é o 3° país em que coronavírus mais matou

O Brasil registrou 1.473 óbitos por coronavírus nas últimas 24 horas e o número total de mortes causadas pela pandemia no país chegou a...

Morte de inspector não está ligada à corrupção no Kwanza Sul, dizem autoridades

A Procuradoria da República do Kwanza Sul disse não haver qualquer ligação entre o assassinato em Luanda de um inspector das Finanças e uma...

COVID-19: Autoridades intensificam despiste na cidade da Praia

As autoridades sanitárias cabo-verdianas prosseguem com a campanha de realização de testes rápidos nos diferentes bairros da Praia, com o objectivo de detectar anticorpos...

“Tirem o vosso joelho do nosso pescoço”, afirma Al Sharpton em cerimónia fúnebre de George Floyd

Centenas de pessoas homenagearam numa cerimónia religiosa nesta quinta-feira, 4, George Floyd, o afro-africano cuja morte sob custódia da polícia em Mineápolis levou a...
- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.