- Publicidade-
Smooth Jazz Rádio Calema
Inicio Mundo América Latina Argentina está em default há meses, diz presidente

Argentina está em default há meses, diz presidente

O presidente da Argentina, Alberto Fernández, disse nesta quinta-feira (21) que a Argentina está em default (inadimplente) há meses, portanto não mudará a situação nesta sexta, mesmo que não pague um vencimento de 500 milhões de dólares, em plena negociação para reestruturar sua dívida com credores privados.

“Li nos jornais que corremos o risco de cair na inadimplência amanhã (sexta-feira) e me perguntei por que eles mentem assim. Se estamos em default há meses, desde antes de Dezembro estamos em default, só que não escrevem sobre isso, apenas escondem”, afirmou presidente.

Fernández assumiu a Presidência em 10 de Dezembro no que ele mesmo descreveu como “um país em situação de inadimplência virtual”, com uma dívida total de 234 biliões de dólares, quase 90% do Produto Interno Bruto.

Nesta sexta-feira chega ao fim o período de carência para a Argentina pagar vencimentos de juros sobre três títulos globais denominados sob lei estrangeira por 500 milhões de dólares. Se não pagar, sofrerá uma suspensão de pagamentos.

A Argentina procura reestruturar a dívida com credores privados sob a legislação estrangeira para cerca de 66 biliões de dólares em negociações que também têm prazo até esta sexta-feira, mas é dado como certo que eles continuarão.

Fernández repetiu que quer pagar, mas que não há fundos, e pede um período de carência de três anos que lhe dará ar para reactivar uma economia em recessão por dois anos e agora atingida pela quarentena pela COVID-19.

“O governo não assumirá nenhum compromisso com nossa dívida que adie o que todos os argentinos que estão trancados em suas casas estão esperando, que é sair, produzir e cultivar a Argentina”, declarou Fernández.

“Não vamos sujeitar a Argentina a novos compromissos que não podemos cumprir”, acrescentou.

“Quero que o mundo nos veja como um país honrado que cumpre seus compromissos”.

O presidente garantiu que fará o necessário para que os compromissos que o país assumiu com seus credores não signifiquem mais um sacrifício para o povo argentino.

- Publicidade -
FonteAFP
- Publicidade -

Africell Global ganha licença de operadora de telecomunicações no país

A Africell Global Holding Ltd venceu o concurso público para a atribuição do 4º título global unificado para a prestação de serviço público de...
- Publicidade -

Covid-19: Capitólio da Califórnia fecha após membro da Assembleia ser infectado

Um surto de coronavírus está a fechar o Capitólio da Califórnia e a forçar a Assembleia a adiar o seu retorno ao trabalho, enquanto...

Coronavírus já fez mais de 130 mil mortos nos EUA

Viajantes de 15 Estados que registam fortes aumentos nos casos de coronavírus terão agora de ficar 15 dias em quarentena ao chegar a Chicago. Os...

Rússia vai responder às novas sanções anunciadas pelo Reino Unido, diz parlamentar russo

A Rússia responderá adequadamente às novas sanções do Reino Unido, informou o chefe do Comité de Assuntos Internacionais da Duma (Câmara Baixa russa), Leonid...

Notícias relacionadas

Africell Global ganha licença de operadora de telecomunicações no país

A Africell Global Holding Ltd venceu o concurso público para a atribuição do 4º título global unificado para a prestação de serviço público de...

Covid-19: Capitólio da Califórnia fecha após membro da Assembleia ser infectado

Um surto de coronavírus está a fechar o Capitólio da Califórnia e a forçar a Assembleia a adiar o seu retorno ao trabalho, enquanto...

Coronavírus já fez mais de 130 mil mortos nos EUA

Viajantes de 15 Estados que registam fortes aumentos nos casos de coronavírus terão agora de ficar 15 dias em quarentena ao chegar a Chicago. Os...

Rússia vai responder às novas sanções anunciadas pelo Reino Unido, diz parlamentar russo

A Rússia responderá adequadamente às novas sanções do Reino Unido, informou o chefe do Comité de Assuntos Internacionais da Duma (Câmara Baixa russa), Leonid...

Covid-19: Angola sem registo de casos positivos nas últimas 24 horas

O país está sem o registo, nas últimas 24 horas, de novos casos positivos da covid-19, mantendo os 353 infectados. De acordo com o secretário...
- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.