- Publicidade-
Smooth Jazz Rádio Calema
Inicio Mundo Europa Lufthansa a um passo de ser resgatada pelo Estado alemão

Lufthansa a um passo de ser resgatada pelo Estado alemão

A companhia aérea Lufthansa confirmou, nesta quinta-feira (21), que está perto de um resgate pelo governo alemão graças a um plano de 9 biliões de euros, que levará o Estado a participar significativamente de um grupo ameaçado pelo colapso do tráfego aéreo mundial.

“O projecto, que ainda não foi finalizado, prevê medidas de estabilização de até 9 biliões de euros, incluindo 3 biliões de euros na forma de um empréstimo” do banco público de investimento KfW, de acordo com a empresa alemã, também presente por meio de filiais na Suíça, Bélgica e Áustria.

Esse plano levaria o Fundo de Estabilidade Económica (FSM) do governo federal, criado para amortecer as repercussões da pandemia de coronavírus, a adquirir 20% do capital da companhia, bem como títulos conversíveis em acções no valor de “5% adicionais mais uma acção”, detalhou a Lufthansa.

A conversibilidade poderia ser exercida “no caso de uma oferta pública de aquisição por parte de terceiros”, o que efectivamente daria ao governo uma minoria de bloqueio.

Se o projecto prosseguir, encerraria semanas de polêmica entre os conservadores (CDU) da chanceler Angela Merkel e seus parceiros da coligação social-democrata (SPD).

Dentro do partido de Merkel, muitos pediram que o governo não se envolvesse tanto em um empreendimento totalmente privatizado em 1997, enquanto na esquerda, muitos veem uma oportunidade de pressionar a grande companhia aérea alemã a preservar o emprego e ser ambiciosa na redução de suas emissões de gases do efeito estufa.

Estes devem estar satisfeitos com a perspectiva de nomeação pelo governo de membros do conselho fiscal, bem como com provisões para futuros dividendos ou salários dos directores.

Segundo o jornal Handelsblatt, seria uma questão de nomear personalidades que não seriam “políticos eleitos ou funcionários públicos”, mas sim do mundo dos negócios, como é feito com a gigante aeronáutica Airbus.

“O governo discute com a empresa e com a Comissão Europeia. Uma decisão é esperada em breve”, afirmou Merkel em entrevista coletiva em Berlim na quarta-feira sobre o plano.

Um acordo pode ser formalizado nesta quinta, após a aprovação do plano pelo conselho administrativo.

– Hemorragia –

A Lufthansa disse que convocará uma assembleia geral extraordinária para aprovar um resgate que diluirá a participação de seus actuais accionistas. A Comissão Europeia também deve concordar.

Na Bolsa de Frankfurt, os investidores receberam bem essa informação: a acção subia 6% uma hora após a abertura. Mas valia quase metade do que no início do ano e a capitalização de mercado caiu para menos de 4 biliões de euros, tornando o grupo vulnerável a uma aquisição.

A companhia, que emprega quase 140.000 pessoas em todo o mundo, passa por uma grave crise, com cerca de 700 de suas 760 aeronaves aterradas e mais de 60% de seus funcionários em trabalho parcial.

Em Abril, transportou menos de 3.000 passageiros por dia, comparado a 350.000 antes da pandemia de coronavírus.

Segundo seu CEO, Carsten Spohr, o grupo (que também inclui Austrian Airlines, Brussels Airlines, Eurowings e Swiss) está passando por uma hemorragia de “cerca de um milhão de euros em liquidez por hora. Dia e noite. Semana após semana”.

Segundo ele, a empresa emprega 10.000 pessoas a mais e corre o risco de falir se não houver injecção de liquidez.

Além disso, a filial austríaca da Lufthansa, Austrian Airlines, informou na quarta-feira que chegou a um acordo com seu pessoal de cabine sobre reduções salariais e redução de horas de trabalho.

A maioria das companhias aéreas europeias apelou às autoridades públicas por ajuda nesta pandemia. O Estado francês ajudará, assim, a companhia Air France com 7 biliões de euros.

- Publicidade -
FonteAFP
- Publicidade -

Ana Gomes sobe à custa de Marcelo e Ventura

A candidata da área socialista é cada vez mais a pretendente a Belém com maior margem para impedir uma reeleição retumbante de Marcelo. Ana...
- Publicidade -

Burlas “matam” sonho da casa própria de milhares de famílias

Das dezenas de projectos imobiliários lançados no auge da construção em Luanda, muitos foram parar à barra do tribunal por burlas aos clientes, que...

O tempo e o bom senso (IV)

1 - Há muito que acompanho a trajectória de Jorge Valdano, um argentino com invejável percurso no mundo do futebol (jogador, treinador, dirigente e...

Joana Lina, GPL: “Manifestação foi acto de vandalismo”

Durante a marcha realizada por membros da sociedade civil e apoiada pela UNITA, foram queimadas motas e destruídos contentores de lixo, além do impedimento...

Notícias relacionadas

Ana Gomes sobe à custa de Marcelo e Ventura

A candidata da área socialista é cada vez mais a pretendente a Belém com maior margem para impedir uma reeleição retumbante de Marcelo. Ana...

Burlas “matam” sonho da casa própria de milhares de famílias

Das dezenas de projectos imobiliários lançados no auge da construção em Luanda, muitos foram parar à barra do tribunal por burlas aos clientes, que...

O tempo e o bom senso (IV)

1 - Há muito que acompanho a trajectória de Jorge Valdano, um argentino com invejável percurso no mundo do futebol (jogador, treinador, dirigente e...

Joana Lina, GPL: “Manifestação foi acto de vandalismo”

Durante a marcha realizada por membros da sociedade civil e apoiada pela UNITA, foram queimadas motas e destruídos contentores de lixo, além do impedimento...

Polícia frustra manifestação não autorizada em Luanda

A Policia Nacional frustrou ontem a realização de uma manifestação não autorizada pelas autoridades, por força das medidas restritivas de prevenção e combate à...
- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.