- Publicidade-
Smooth Jazz Rádio Calema
Inicio Política Presidente da República renova gestão da PRODEL e ENDE

Presidente da República renova gestão da PRODEL e ENDE

O Presidente da República, João Lourenço, nomeou, esta terça-feira, novos conselhos de administração para a Empresa Pública de Produção de Electricidade (PRODEL, EP:) e para a Empresa Nacional de Distribuição de Electricidade (ENDE, EP).

Conforme uma nota da Casa Civil, foi nomeado para a nova gestão da PRODEL, EP, por Decreto Presidencial, Joaquim Ventura, Presidente do Conselho de Administração.

O corpo directivo da empresa integra ainda Pedro Eduardo Manuel Afonso, Administrador Executivo; Euclides Morais de Brito, Administrador Executivo; Benício Pedro Machado, Administrador Executivo; e Rosa Afonso Miguel, Administradora Executiva.

Francisco de Maria de Meireles Vasconcelos Júnior foi nomeado Administrador Não Executivo, o mesmo cargo de Emanuela Bernardett Afonso Vieira Lopes.

Essas individualidades ocupam os lugares deixados por José António Neto (PCA), Job Feca Martins Vilinga (Administrador para a Área de Produção Térmica), Pedro Eduardo Manuel Afonso (Administrador para a Área de Produção Hídrica), Mário Alberto Mendonça da Silva (Administrador para a Área Comercial e Assuntos Regulatórios), Judite Nazaré dos Santos Lemos Rosa (Administradora para a Área de Finanças e Tecnologias de Informação), Francisco de Maria de Meireles Vasconcelos Júnior (Administrador Não Executivo) e Emanuela Bernardett Afonso Vieira Lopes (Administradora Não Executiva).

De acordo com a nota da Casa Civil, todas essas entidades saíram por “conveniência de serviço”.

Noutro Decreto, João Lourenço nomeou Hélder de Jesus Garcia Adão, para o cargo de Presidente do Conselho de Administração da ENDE, EP.

Foram ainda nomeados João de Deus Pereira Furtado, Administrador Executivo; Pedro Estêvão Buca, Administrador Executivo; Manuel de Jesus Neto Adão, Administrador Executivo; e Isabel Augusto dos Santos, Administradora Executiva.

A nova direcção da ENDE, EP. inclui igualmente Mário Alberto Mendonça da Silva, Administrador Não Executivo; e João Simão Manuel da Silva, Administrador Não Executivo.

O elenco substitui o anterior Conselho de Administração, liderado por Ruth do Nascimento Cardoso de Almeida Safeca.

O mesmo incluía ainda Hélder de Jesus Garcia Adão, Administrador Executivo; João de Deus Pereira Furtado, Administrador Executivo; Manuel de Jesus Neto Adão, Administrador Executivo; Carlos Alberto dos Reis Ferreira, Administrador Executivo; Leonídio Gustavo Ferreira de Ceita, Administrador Não Executivo; e João Simão Manuel da Silva, Administrador Não Executivo, todos exonerados nesta terça-feira.

Também por conveniência de serviço público, o Titular do Poder Executivo exonerou Ângelo Sebastião Filipe, do cargo de Administrador Executivo da Empresa Pública de Águas – EPAL.

Para o seu lugar, nomeou Venceslau Txindji Chissupa, para o cargo de Administrador Executivo da Empresa Pública de Águas.

- Publicidade -
- Publicidade -

O Estado da Nação

É importante que saibamos o que é e o que se deve esperar do discurso sobre o Estado da Nação. Assim evitam-se falsas expectativas...
- Publicidade -

Arménia e Azerbaijão não conseguem manter novo cessar-fogo

Arménia e Azerbaijão concordaram este domingo em tentar pela terceira vez um cessar-fogo, mas quase imediatamente voltaram a fazer acusações mútuas de violá-lo. Confrontos...

“Luanda Leaks”: Ana Gomes e Paulo de Morais esperam justiça ampla

Testemunhos da ex-eurodeputada e do ativista a favor de Rui Pinto ainda não têm data marcada, mas ambos têm expetativa de que a Justiça...

Quimbandeiro detido por falsas promessas de milagres

O Serviço de Investigação Criminal (SIC), em Cabinda, deteve três cidadãos, supostamente implicados na prática do crime de burla por defraudação. O caso deu-se quando...

Notícias relacionadas

O Estado da Nação

É importante que saibamos o que é e o que se deve esperar do discurso sobre o Estado da Nação. Assim evitam-se falsas expectativas...

Arménia e Azerbaijão não conseguem manter novo cessar-fogo

Arménia e Azerbaijão concordaram este domingo em tentar pela terceira vez um cessar-fogo, mas quase imediatamente voltaram a fazer acusações mútuas de violá-lo. Confrontos...

“Luanda Leaks”: Ana Gomes e Paulo de Morais esperam justiça ampla

Testemunhos da ex-eurodeputada e do ativista a favor de Rui Pinto ainda não têm data marcada, mas ambos têm expetativa de que a Justiça...

Quimbandeiro detido por falsas promessas de milagres

O Serviço de Investigação Criminal (SIC), em Cabinda, deteve três cidadãos, supostamente implicados na prática do crime de burla por defraudação. O caso deu-se quando...

Dom Afonso Nunes defende que religião e política devem servir as comunidades

O bispo da Igreja de Nosso Senhor Jesus Cristo no Mundo, Dom Afonso Nunes, afirmou ontem, Sábado, que a religião e a política devem...
- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.