- Publicidade-
Smooth Jazz Rádio Calema
Inicio Mundo Europa Parlamentares desertores deixam Macron sem maioria no Parlamento francês

Parlamentares desertores deixam Macron sem maioria no Parlamento francês

Desertores do partido governista de Emmanuel Macron anunciaram a criação de um novo grupo na câmara baixa do Parlamento da França nesta terça-feira, deixando o presidente sem uma maioria absoluta e aumentando a pressão por mais políticas de esquerda.

Sete parlamentares estão rompendo com a República em Marcha (LREM) de Macron para se juntar ao novo grupo “Ecologia, Democracia, Solidariedade”, que terá 17 membros do Legislativo em suas fileiras.

Isso significa que agora o partido de Macron só conta com 288 parlamentares, um aquém de uma maioria absoluta e bem menos do que os 314 que o presidente tinha ao reformular a paisagem política em 2017.

Mas 17 parlamentares são menos do que os 58 que reportagens insinuavam no início deste mês, o que indica que os líderes do partido conseguiram conter a sangria.

“A pressão do Executivo, do partido e do grupo foi tal que tivemos que adiantar o anúncio”, disse um desertor à Reuters. “Muitos acabaram decidindo não dar esse salto.”

A sigla de Macron, formada para levá-lo à Presidência em 2017, já havia sofrido uma série de deserções de parlamentares frustrados por sua centralização na tomada de decisões e por suas políticas pró-mercado.

Macron ainda pode contar com o apoio de um parceiro de aliança minoritário, o MoDem de centro, mas a aritmética pode dar a esta legenda mais influência na formulação de políticas nos últimos dois anos do mandato de Macron.

- Publicidade -
- Publicidade -

Nigéria: Tribunal recusa dar voz de prisão à ex-ministra dos Petróleos Diezani Alison através da Interpol

Diz o Vanguard que a Divisão de Abuja do Supremo Tribunal Federal, recusou hoje um pedido da Comissão de Crimes Económicos e Financeiros, EFCC,...
- Publicidade -

Covid-19: Seis professores testam positivo no Cuanza Norte

Seis professores do Cuanza Norte submetidos ao teste da biologia molecular (RT-PCR), na semana transacta, testaram positivo à Covid-19. O facto foi anunciado pelo responsável...

UNITA mantém suspensão dos membros acusados de querer destituir o seu líder

O presidente do Conselho Jurisdicional desta força política, africano Kangombe, contactado, ontem, por este Jornal, sobre o assunto, evitou falar, depois de ter dado...

Covid-19: Angola com 227 novas infecções e 117 recuperados

Duzentos e vinte e sete novos casos, um óbito e cento e dezassete pacientes recuperados é o balanço epidemiológico anunciado, nesta terça-feira, em Luanda,...

Notícias relacionadas

Nigéria: Tribunal recusa dar voz de prisão à ex-ministra dos Petróleos Diezani Alison através da Interpol

Diz o Vanguard que a Divisão de Abuja do Supremo Tribunal Federal, recusou hoje um pedido da Comissão de Crimes Económicos e Financeiros, EFCC,...

Covid-19: Seis professores testam positivo no Cuanza Norte

Seis professores do Cuanza Norte submetidos ao teste da biologia molecular (RT-PCR), na semana transacta, testaram positivo à Covid-19. O facto foi anunciado pelo responsável...

UNITA mantém suspensão dos membros acusados de querer destituir o seu líder

O presidente do Conselho Jurisdicional desta força política, africano Kangombe, contactado, ontem, por este Jornal, sobre o assunto, evitou falar, depois de ter dado...

Covid-19: Angola com 227 novas infecções e 117 recuperados

Duzentos e vinte e sete novos casos, um óbito e cento e dezassete pacientes recuperados é o balanço epidemiológico anunciado, nesta terça-feira, em Luanda,...

João Lourenço no Africa Debate a convite do Instituto Tony Blair

O Presidente João Lourenço vai participar, no dia 5 de Novembro, no Africa Debate, o principal evento do fórum empresarial de África realizado em...
- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.