- Publicidade-
Smooth Jazz Rádio Calema
Inicio Mundo Ásia Índia envia mais soldados para território reivindicado pela China

Índia envia mais soldados para território reivindicado pela China

Em 5 de Maio, mais de 250 soldados da Índia e China se envolveram em um impasse na região do Vale Galwan durante um patrulhamento na fronteira entre os dois gigantes asiáticos.

Desde então, os dois lados começaram a enviar tropas adicionais de forma agressiva para reivindicar a área, que tem gerado atrito desde 1962.

Citando diferentes fontes, o jornal Economic Times relatou que os soldados são enviados de outras regiões dos países.

O Exército de Libertação Popular da China afirmou ter estabelecido novamente com sucesso o status quo na região, informou o jornal Global Times na segunda-feira (18).

Tropas de defesa das fronteiras “aumentaram medidas de controle fronteiriço e tomaram as acções necessárias em resposta às construções ilegais de instalações de defesa da Índia, atravessando a fronteira em território chinês na região do Vale do Galwan”.
Contudo, a Índia considera ter autoridade sobre o território actualmente sob controle chinês. Em Novembro de 2019, a Índia divulgou um mapa com os detalhes da fronteira com o país vizinho, retratando o território como sendo indiano.

Os últimos atritos ocorreram no fim de Abril, quando soldados indianos e chineses se envolveram em um conflito durante o patrulhamento da fronteira. A situação escalou desde então com choques físicos entre as tropas de ambos os países.

A actual disputa entre os dois países é a maior desde 2017. Os gigantes asiáticos compartilham uma fronteira de mais de quatro mil quilómetros, que continua a ser um ponto polémico nas relações diplomáticas dos dois países.

- Publicidade -
FonteSputnik
- Publicidade -

Gilberto Viríssimo: “Angola não está integrada em nenhum dos projectos de estradas regionais por culpa própria”

À frente da Comissão da Comunidade Económica dos Estados da África Central (CEEAC), desde 31 de Agosto, o angolano Gilberto Veríssimo, diz, em entrevista...
- Publicidade -

Brasil tem média móvel de 546 óbitos por dia devido ao novo coronavírus

O Brasil registrou nesta terça-feira, 20, uma média móvel de 546 óbitos por dia causados pela covid-19, número que compila dados dos últimos sete...

Novo acordo militar entre Índia e EUA ameaça a neutralidade de Nova Deli face a Pequim

Numa notícia avançada pelo jornal South China Morning Post, o secretário de Estado dos EUA, Mike Pompeo, e o secretário de Defesa Mark Esper...

MPLA preocupado com geração de postos de trabalho para a juventude

O Bureau Político (BP) do MPLA recomendou, nesta terça-feira, 20, ao Executivo o incremento da promoção do auto-emprego e a geração de postos de...

Notícias relacionadas

Gilberto Viríssimo: “Angola não está integrada em nenhum dos projectos de estradas regionais por culpa própria”

À frente da Comissão da Comunidade Económica dos Estados da África Central (CEEAC), desde 31 de Agosto, o angolano Gilberto Veríssimo, diz, em entrevista...

Brasil tem média móvel de 546 óbitos por dia devido ao novo coronavírus

O Brasil registrou nesta terça-feira, 20, uma média móvel de 546 óbitos por dia causados pela covid-19, número que compila dados dos últimos sete...

Novo acordo militar entre Índia e EUA ameaça a neutralidade de Nova Deli face a Pequim

Numa notícia avançada pelo jornal South China Morning Post, o secretário de Estado dos EUA, Mike Pompeo, e o secretário de Defesa Mark Esper...

MPLA preocupado com geração de postos de trabalho para a juventude

O Bureau Político (BP) do MPLA recomendou, nesta terça-feira, 20, ao Executivo o incremento da promoção do auto-emprego e a geração de postos de...

Última Hora: Homem armado faz vários reféns dentro de um banco na Geórgia

Um homem armado fez hoje à tarde vários reféns, ainda em número incerto, dentro das instalações de um banco na Geórgia, informaram as autoridades...
- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.