- Publicidade-
Smooth Jazz Rádio Calema
Inicio Mundo África Covid-19: Mais de 2.800 mortos e 88 mil casos em África

Covid-19: Mais de 2.800 mortos e 88 mil casos em África

O número de mortos da Covid-19 em África subiu hoje para os 2.834, com mais de 88 mil infectados em 54 países, segundo as estatísticas mais recentes sobre a pandemia no continente.

Nas últimas 24 horas, o número de mortos subiu para 2.834, enquanto os infectados com o vírus passaram para 88.172, de acordo com o Centro de Controlo e Prevenção de Doenças da União Africana (África CDC). O número total de doentes recuperados aumentou para 33.863.

O norte de África mantém-se como a região mais afectada pela doença no continente, com 1.445 mortos e 28.106 infectados com Covid-19.

A África Ocidental regista 527 mortos e 24.755 infecções, enquanto a África Austral contabiliza 305 mortos e 17.752 casos, quase todos concentrados num único país: a África do Sul (16.443), que é o terceiro país com mais mortos (286).

Números nos PALOP

Entre os países africanos de expressão lusófona, a Guiné-Bissau é o que tem mais infecções, tendo ultrapassado na segunda-feira os mil casos (1.032), e regista quatro mortos.

Cabo Verde tem 328 infecções e três mortos e São Tomé e Príncipe regista 246 casos e sete mortos. Moçambique conta com 145 doentes infectados e Angola tem 48 casos confirmados de Covid-19 e dois mortos.

A Guiné Equatorial, que integra a Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP), tem 522 casos positivos de infecção e seis mortos, segundo o África CDC, mas estes números não são actualizados há cerca de uma semana.

A Organização Mundial de Saúde (OMS) alertou já que o próximo epicentro da pandemia pode muito bem ser África, onde as medidas para conter o vírus são mais difíceis de aplicar.

Em todo o continente africano, há menos de uma cama de cuidados intensivos e um ventilador por cada 100.000 pessoas, de acordo com um inquérito revelado pela Reuters.

A nível global, segundo um balanço da agência de notícias AFP, a pandemia de Covid-19 já provocou mais de 316.000 mortos e infectou mais de 4,7 milhões de pessoas em 196 países e territórios. Mais de 1,7 milhões de doentes foram considerados curados.

- Publicidade -
- Publicidade -

Imunidades de Manuel Vicente vão ser reavaliadas pela PGR

As imunidades que protegem o ex-vice-Presidente angolano, Manuel Vicente, de processos judiciais vão ser reavaliadas pela Procuradoria-Geral da República de Angola, avançou à Lusa...
- Publicidade -

Cantora gospel é agredida pelo marido em pleno shopping no Rio de Janeiro

O cantor gospel Juninho Black publicou em sua conta do Instagram um vídeo onde mostra sua irmã, a cantora Quesia Freitas, sendo agredida pelo...

Crédito avaliado em 272,7milhões

O crédito registado no âmbito do Programa de Reconversão da Economia Informal está, até ao momento, avaliado em 272,7 milhões de kwanzas, segundo dados...

Zona Económica Especial: Privatizações mantêm os postos de trabalho

Os empregos dos colaboradores das empresas em processo de privatização na Zona Económica Especial (ZEE) Luanda - Bengo estão salvaguardados mesmo depois dos activos...

Notícias relacionadas

Imunidades de Manuel Vicente vão ser reavaliadas pela PGR

As imunidades que protegem o ex-vice-Presidente angolano, Manuel Vicente, de processos judiciais vão ser reavaliadas pela Procuradoria-Geral da República de Angola, avançou à Lusa...

Cantora gospel é agredida pelo marido em pleno shopping no Rio de Janeiro

O cantor gospel Juninho Black publicou em sua conta do Instagram um vídeo onde mostra sua irmã, a cantora Quesia Freitas, sendo agredida pelo...

Crédito avaliado em 272,7milhões

O crédito registado no âmbito do Programa de Reconversão da Economia Informal está, até ao momento, avaliado em 272,7 milhões de kwanzas, segundo dados...

Zona Económica Especial: Privatizações mantêm os postos de trabalho

Os empregos dos colaboradores das empresas em processo de privatização na Zona Económica Especial (ZEE) Luanda - Bengo estão salvaguardados mesmo depois dos activos...

Modelo da Vogue mata namorado esfaqueado por ciúmes na Rússia

De acordo com a mãe da modelo, Lilia Sudakova, de 26 anos, era vítima de violência doméstica do marido e agiu em legítima defesa A...
- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.