- Publicidade-
Smooth Jazz Rádio Calema
Inicio Mundo Lusófono Moçambique Moçambique: Novos ataques fazem um morto e vários feridos

Moçambique: Novos ataques fazem um morto e vários feridos

Três autocarros foram alvo de ataques armados no distrito de Nhamatanda, na província moçambicana de Sofala, no domingo (17.05), causando um morto e nove feridos, entre os quais quatro feridos graves.

Três autocarros foram alvo de ataques armados no distrito de Nhamatanda, na província moçambicana de Sofala, no domingo (17.05), causando um morto e novo feridos, entre os quais quatro feridos graves.

Segundo testemunhas citadas pelo jornal O País, os homens armados dispararam contra dois autocarros da Transportadora Nagi Investimentos e um da Citi Link. O ataque ocorreu pelas sete horas, a cerca de 40 quilómetros do distrito de Gorongosa, em Sofala.

A vítima mortal, que morreu no local, era uma mulher de cerca de 40 anos, que seguia no autocarro da Nagi Investimentos, que fazia o trajecto Maputo-Quelimane, adiantou a mesma fonte.

De acordo com o correspondente da DW, quatro feridos em estado grave foram transferidos para Hospital Provincial de Chimoio, juntamente com cinco feridos ligeiros.

Um dos autocarros viajava no sentido norte e os outros dois seguiam no sentido sul-norte – estas viaturas teriam pernoitado no cruzamento de Inchope, à espera da escolta, devido aos sucessivos ataques que ocorrem na região.

Na semana passada, já tinham sido registados outros quatro ataques no troço Inchope-Muxungue.

Ataques frequentes no centro

Num comentário aos ataques da última semana, analistas da consultora Oxford Economics citados pela Lusa consideraram que o ataque que feriu seis pessoas na segunda-feira, na província de Sofala, em Moçambique, mostra que o Governo é incapaz de controlar os ataques, mas não vai desestabilizar o país.

“As forças de segurança parecem incapazes de neutralizar a ameaça, parcialmente porque estão também a combater uma insurgência islâmica na província de Cabo Delgado”, sublinharam.

Os ataques armados que ocorrem no centro de Moçambique desde Agosto do ano passado têm visado forças de segurança e civis em aldeias e nalguns troços de estrada da região. Já causaram mais de 20 mortos e vários feridos, além da destruição de veículos.

- Publicidade -
FonteDW
- Publicidade -

Presidente da CEEAC defende construção de destinos comuns

O Presidente em Exercício da Comunidade Económica dos Estados da África Central (CEEAC), Ali Bongo, declarou este domingo que a única forma de tornar...
- Publicidade -

Pressão sobre o kwanza abranda no próximo ano

Analistas da Fitch Solutions prevêem ligeira recuperação na produção interna do petróleo e taxam a média da inflação nos 21,9 por cento até ao...

Obras da transformadora de café podem ser concluídas em 2021

A província do Uíge poderá ter, até Maio de 2021, uma nova fábrica de transformação de café, com capacidade para movimentar 700 toneladas por...

Angolanos recorrem ao método “Fazer Sócia” para sobreviverem

Para poderem comprar alimentos cada vez mais caros famílias e indivíduos angolanos têm que “fazer sócia”, um acto que consiste na junção de valores...

Notícias relacionadas

Presidente da CEEAC defende construção de destinos comuns

O Presidente em Exercício da Comunidade Económica dos Estados da África Central (CEEAC), Ali Bongo, declarou este domingo que a única forma de tornar...

Pressão sobre o kwanza abranda no próximo ano

Analistas da Fitch Solutions prevêem ligeira recuperação na produção interna do petróleo e taxam a média da inflação nos 21,9 por cento até ao...

Obras da transformadora de café podem ser concluídas em 2021

A província do Uíge poderá ter, até Maio de 2021, uma nova fábrica de transformação de café, com capacidade para movimentar 700 toneladas por...

Angolanos recorrem ao método “Fazer Sócia” para sobreviverem

Para poderem comprar alimentos cada vez mais caros famílias e indivíduos angolanos têm que “fazer sócia”, um acto que consiste na junção de valores...

Guiné-Bissau regista 14 novos casos para total de 2.403

A Guiné-Bissau registou na última semana 14 novos casos positivos para o novo coronavírus, num total de 2.403 infectados, e manteve o número de...
- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.