- Publicidade-
InicioVidaSaúdeHipertensão arterial mata 21 pessoas na Lunda Sul

Hipertensão arterial mata 21 pessoas na Lunda Sul

Vinte e uma pessoas morrerem de hipertensão arterial, de Janeiro a Abril deste ano, no Hospital Geral da Lunda Sul, informou hoje (quinta-feira), em Saurimo, o director clínico da unidade sanitária, Nelson Capele.

Segundo o director, esta cifra representa uma redução de três casos, comparativamente ao igual período anterior, e faz parte dos 681 hipertensos que deram entrada na maior unidade sanitária da província, no período em referência.

Apelou aos pacientes a cumprirem escrupulosamente as orientações dos técnicos de saúde, sobretudo na medicação e na mudança no estilo de vida, primando por exercícios físicos e dietas saudáveis.

Lamentou o comportamento de muitas famílias, que influenciam os pacientes em abandonarem a medicina convencional para o tradicional, o que tem vindo a complicar a recuperação dos mesmos.

No período em balanço, a unidade registou 43 casos de enfermidades cardíacas, sem registo de óbitos

Quanto à insuficiência renal, fez saber, que a unidade controla 15 casos, destes, um foi encaminhado para a província do Moxico para fazer a diálise, uma vez que a Lunda Sul não dispõe de centro de hemodiálise.

- Publicidade -
FonteAngop
- Publicidade -
- Publicidade -

Notícias relacionadas

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.