- Publicidade-
Smooth Jazz Rádio Calema
Inicio Outras Apresentação a 27 de Maio em Lisboa do livro "Fraccionismo"

Apresentação a 27 de Maio em Lisboa do livro “Fraccionismo”

“Fraccionismo: Quem disse o quê no «Jornal de Angola» antes e depois do 27 de Maio de 1977”, da jornalista Leonor Figueiredo, chega às livrarias neste mês. Sim, este é o fatídico e histórico mês de Maio, e a modesta editora ELIVULU estreia no tema com este brilhante livro que juntamos à nossa colecção «Biblioteca de Cárcere».

Mas o nosso inimigo fidagal, de nome soberbo Covid-19, como se nos convidasse ao abismo, exige de nós cautela e criatividade ao agir. Pensamos num modelo de apresentação do livro em que gostaria que participasse, se se concretizar.

Pretendemos «lançar» o livro no próximo dia 27. A ideia passa por o fazermos num jardim, em Lisboa, com poucas pessoas amigas, com máscara e a indispensável distância social.

O que acha? Aparecia, se a coisa se concretizar?
________________________________________________

Deixamos um trecho da introdução:

É sempre necessário mergulhar nas fontes. Este trabalho pretende espelhar as páginas do «Jornal de Angola» (JA), entre os dias 1 de Janeiro e 11 de Dezembro de 1977 (final do I Congresso do MPLA), tendo como moldura os acontecimentos que se iniciaram a 27 de Maio. Não parte de qualquer versão sobre o que se passou, independentemente de ter sido uma tentativa de golpe de Estado liderado por Nito Alves, uma insurreição popular, ambas ou outra coisa – e que degenerou num marco sangrento da História Contemporânea de Angola.

Trata-se de interrogar o passado recente do 27, percorrendo o caminho do «fraccionismo» traçado diariamente pelo jornal do poder. Quisemos saber, no período pré-27, quem falou de «fraccionismo» e como se lhe referiu, além de verificar como este órgão de comunicação social noticiou, adjectivou e comentou, directa e indirectamente a «fracção» discordante da direcção do MPLA. No pós-27 de Maio, o foco incidiu no que foi noticiado e nos dados que daí se podem inferir, quer sobre o MPLA, quer sobre os «fraccionistas».

- Publicidade -
- Publicidade -

“Não há garantia de que uma única vacina em desenvolvimento funcione”

O director-geral da Organização Mundial de Saúde (OMS) fez há instantes uma conferência de imprensa onde sublinhou a importância da instituição no combate a...
- Publicidade -

As chaves para um Sahel pacífico

O Dia Mundial da Paz deve ser um dia que inspira esperança aos sahelianos, e o Fundo de População das Nações Unidas (UNFPA) está...

Desvendada a causa da misteriosa morte de 300 elefantes no Botswana

Uma cianobactéria foi a causa da misteriosa morte de cerca de 300 elefantes no Botswana em meados deste ano, anunciou hoje o Governo. Acausa da...

Guiné Equatorial exige reformas na ONU e critica primazia do poder

O Presidente da Guiné Equatorial, Teodoro Obiang Nguema Mbasogo, pediu hoje a renovação e modernização do sistema da Organização das Nações Unidas (ONU), tecendo...

Notícias relacionadas

“Não há garantia de que uma única vacina em desenvolvimento funcione”

O director-geral da Organização Mundial de Saúde (OMS) fez há instantes uma conferência de imprensa onde sublinhou a importância da instituição no combate a...

As chaves para um Sahel pacífico

O Dia Mundial da Paz deve ser um dia que inspira esperança aos sahelianos, e o Fundo de População das Nações Unidas (UNFPA) está...

Desvendada a causa da misteriosa morte de 300 elefantes no Botswana

Uma cianobactéria foi a causa da misteriosa morte de cerca de 300 elefantes no Botswana em meados deste ano, anunciou hoje o Governo. Acausa da...

Guiné Equatorial exige reformas na ONU e critica primazia do poder

O Presidente da Guiné Equatorial, Teodoro Obiang Nguema Mbasogo, pediu hoje a renovação e modernização do sistema da Organização das Nações Unidas (ONU), tecendo...

Jovem malaia luta pelo direito de não usar véu islâmico

A decisão de deixar de usar o véu islâmico e denunciá-lo como uma obrigação patriarcal valeu a Maryam Lee muitas críticas e uma investigação...
- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.