- Publicidade-
Smooth Jazz Rádio Calema
Inicio Mundo Lusófono Moçambique Começou julgamento no tribunal de Gaza em Moçambique de agentes que mataram...

Começou julgamento no tribunal de Gaza em Moçambique de agentes que mataram observador eleitoral

O tribunal judicial provincial de Gaza em Moçambique começou hoje a julgar o assassínio do activista social e observador eleitoral Anastácio Matavele, ocorrido a 7 de Outubro de 2019. Compareceram ao tribunal província judicial de Gaza, os 4 agentes que estavam em prisão preventiva, três que gozam de liberdade incluindo o edil de Chibuto.

Crivado de balas foi assim que o observador eleitoral foi assassinado em plena luz do dia na cidade de Xai Xai, na província de Gaza, sul de Moçambique e, na véspera das sextas eleições gerais moçambicanas do ano passado.

Anastácio Matavele não resistiu aos ferimentos e viria a morrer.

O início do julgamento traz à memória esse trágico momento da morte de Anastácio Matavele.

Dércio Alfazema da organização da sociedade civil, Instituto para a democracia multipartidária tem enormes expectativas.

Família deve ser indemnizada e criminosos condenados

“Que a família venha a ser indemnizada e esperamos também que os actores morais e materiais deste crime que chocou o mundo e que também representa uma ameaça à cidadania sejam condenados pela pena máxima.”

Neste primeiro dia do julgamento, compareceram ao tribunal provincial judicial de Gaza, os quatros agentes que estavam em prisão preventiva, três que gozam de liberdade incluindo o edil de Chibuto, por sinal proprietário da viatura usada no crime do ponto focal da Sala da Paz e que viria a acidentar no momento da fuga.

- Publicidade -
FonteRFI
- Publicidade -

PR nomeia Jomo Fortunato ministro da Cultura

Em nota, a Casa Civil refere que antes, noutro decreto, o Presidente da República exonerou Adjany da Silva Freitas Costa, do cargo de ministra...
- Publicidade -

Última Hora: Libertados três jornalistas e um motorista detidos em manifestação no sábado em Luanda

Os três jornalistas e um motorista da Rádio Essencial que foram detidos no sábado, durante uma manifestação, em Luanda, foram libertados hoje à tarde,...

Movimento ameaça voltar às ruas se houver julgamento de manifestantes detidos

Autoridades negam, mas participantes e dirigentes da UNITA insistem que houve uma morte devido à repressão violenta do protesto de sábado em Luanda. Movimento...

UNITA diz que Lei Eleitoral de Angola deve estar alinhada com modelo da SADC

O general na reforma Abílio Kamalata Numa pediu a alteração da Lei Eleitoral de Angola, sugerindo que esteja alinhada com a lei-modelo da Comunidade...

Notícias relacionadas

PR nomeia Jomo Fortunato ministro da Cultura

Em nota, a Casa Civil refere que antes, noutro decreto, o Presidente da República exonerou Adjany da Silva Freitas Costa, do cargo de ministra...

Última Hora: Libertados três jornalistas e um motorista detidos em manifestação no sábado em Luanda

Os três jornalistas e um motorista da Rádio Essencial que foram detidos no sábado, durante uma manifestação, em Luanda, foram libertados hoje à tarde,...

Movimento ameaça voltar às ruas se houver julgamento de manifestantes detidos

Autoridades negam, mas participantes e dirigentes da UNITA insistem que houve uma morte devido à repressão violenta do protesto de sábado em Luanda. Movimento...

UNITA diz que Lei Eleitoral de Angola deve estar alinhada com modelo da SADC

O general na reforma Abílio Kamalata Numa pediu a alteração da Lei Eleitoral de Angola, sugerindo que esteja alinhada com a lei-modelo da Comunidade...

Seis jornalistas detidos na manifestação

O presidente do Sindicato dos Jornalistas de Angola (SJ) lamentou hoje a actuação da polícia durante a manifestação de sábado em Luanda e informou...
- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.