- Publicidade-
Smooth Jazz Rádio Calema
Inicio Mundo América do Sul Três novos detidos por "invasão" frustrada à Venezuela, anuncia Maduro

Três novos detidos por “invasão” frustrada à Venezuela, anuncia Maduro

Três “mercenários” foram detidos no sábado por uma tentativa de “invasão” marítima frustrada ao norte da Venezuela, anunciou o presidente Nicolás Maduro, caso que já tem mais de 30 pessoas capturadas, incluindo dois americanos acusados de terrorismo.

“Capturamos mais três mercenários hoje, estamos procurando e vamos capturar todos”, disse Maduro na TV.

Trinta e uma pessoas foram detidas por uma “invasão” frustrada em 3 e 4 de maio nas localidades costeiras de Macuto e Chuao, norte da Venezuela, segundo o Ministério Público.

Entre eles, os militares da reserva americanos Luke Alexander Denman, de 34 anos, e Airan Berry, de 41, foram indiciado por, entre outras acusações, terrorismo, que pode ser punido com penas de entre 25 e 30 anos de prisão.

Os 29 venezuelanos capturados foram indiciados por “conspiração com um governo estrangeiro” – especificamente Estados Unidos e Colômbia -, “terrorismo, traição à pátria” e outros crimes, informou o procurador-geral, Tarek William Saab.

O plano, segundo o governo chavista, buscava a “captura, detenção e remoção” do presidente socialista e a “instalação” do líder opositor Juan Guaidó, reconhecido como presidente encarregado da Venezuela por 50 países, liderados pelos Estados Unidos.

Maduro, que considera o presidente americano Donald Trump “líder directo da operação”, repetiu as acusações contra Guaidó, que chamou de “foragido da justiça”, apesar do MP não ter apresentado acusações contra ele.

As autoridades informaram que oito supostos invasores morreram nos confrontos.

- Publicidade -
FonteAFP
- Publicidade -

MINSA teme colapso do sistema de Saúde

O secretário de Estado para a Saúde Pública, Franco Mufinda, considerou sábado, em Luanda, que o aumento de infecções por Covid-19 no país pode...
- Publicidade -

Angola anuncia mais 247 casos e teme “colapso” do sistema de saúde

A ministra angolana da Saúde, Sílvia Lutucuta, anunciou hoje mais 247 casos de covid-19 no país, alertando para o aumento exponencial dos últimos 15...

Angola no “limiar do estado de emergência”, avisa ministro Adão de Almeida

O ministro de Estado e chefe da Casa Civil do Presidente da República de Angola avisou que o país está "no limiar do estado...

Confrontos em Nápoles contra novo confinamento

Pela primeira vez desde o início da pandemia em Itália há oito meses, centenas de pessoas saíram à rua contra a perspectiva de medidas...

Notícias relacionadas

MINSA teme colapso do sistema de Saúde

O secretário de Estado para a Saúde Pública, Franco Mufinda, considerou sábado, em Luanda, que o aumento de infecções por Covid-19 no país pode...

Angola anuncia mais 247 casos e teme “colapso” do sistema de saúde

A ministra angolana da Saúde, Sílvia Lutucuta, anunciou hoje mais 247 casos de covid-19 no país, alertando para o aumento exponencial dos últimos 15...

Angola no “limiar do estado de emergência”, avisa ministro Adão de Almeida

O ministro de Estado e chefe da Casa Civil do Presidente da República de Angola avisou que o país está "no limiar do estado...

Confrontos em Nápoles contra novo confinamento

Pela primeira vez desde o início da pandemia em Itália há oito meses, centenas de pessoas saíram à rua contra a perspectiva de medidas...

Atletas da selecção feminina acusam positivo à Covid -19

Oito atletas da Selecção Nacional sénior feminina de futebol, que prepara a participação no torneio da COSAFA, de 03 a 14 de Novembro, em...
- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.