- Publicidade-
Smooth Jazz Rádio Calema
Inicio Economia Malanje: IMAM aposta na produção de hortícolas

Malanje: IMAM aposta na produção de hortícolas

O Instituto Médio Agrário de Malanje (IMAM) aposta, pela primeira vez, na produção e comercialização de hortícolas, com destaque para a Couve Tronchuda, Tomate, Quiabo, Repolho, Cenoura e Pimento.

De acordo com o director daquela Instituição, Manuel Osório, neste momento foi já preparado um hectare de viveiros, das referidas culturas.

Para a produção, informou que estão mecanizados, nas margens dos rios Lombe e Quéssua, três hectares de terra para a transferência, nos próximos dias, das hortícolas.

Assegurou que a colheita da produção será feita ao longo da época seca, cujos produtos serão comercializados no mercado local, visando contribuir na dieta alimentar das famílias.

Frisou que o IMAM pretende transformar-se numa fonte de abastecimento alimentar, onde a população possa recorrer para adquirir uma variedade de produtos do campo, para além de dar corpo a um plano estratégico da sua área financeira.

A fonte informou que, no inicio deste ano, o IMAM colheu, transformou e comercializou cerca de três toneladas de fuba de milho e pretende ainda colher 1,5 toneladas de feijão, uma de batata-doce e duas de mandioca.

Avançou que este ano inicia também um projecto agrícola de formação de 50 camponeses, no âmbito das novas técnicas de agricultura familiar.

Inaugurado em 2006, o instituto conta com 20 salas de aulas, sete laboratórios e 25 residências para professores, para além de 50 hectares de terra para produção.

A Instituição ministra cursos de agricultura geral, gestão agrícola, agro-alimentar, produção vegetal, construção civil, electricidade e administração autárquica.

- Publicidade -
FonteAngop
- Publicidade -
- Publicidade -

Notícias relacionadas

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.