InicioMundo LusófonoMoçambiqueMoçambique: Repatriados 11 etíopes encontrados num contentor em Tete; três fugiram

Moçambique: Repatriados 11 etíopes encontrados num contentor em Tete; três fugiram

A Organização Internacional para as Migrações (OIM) diz que ajudou a repatriar 11 etíopes que escaparam da morte num contentor transportado por um camião de traficantes, em Tete, centro de Moçambique.

Eles e dezenas de outros migrantes que não sobreviveram foram descobertos após o camião ter atravessado a fronteira entre Malawi e Moçambique, em Março.

Mas, diz a OIM, três dos sobreviventes desapareceram do local de acomodação e ainda não foram localizados.

A operação foi coordenada pelos governos da Etiópia e Moçambique, com apoio da OIM e Iniciativa Conjunta UE-OIM para a Protecção e Reintegração de Migrantes no Corno de África.

Reporta-se que milhares de etíopes, fugindo da pobreza na sua terra, fazem a perigosa travessia do corno de África ao sul do continente, mediante o pagamento de valores entre 2.500 e 6.000 dólares americanos a grupos de contrabandistas.

Travessia angustiante

No entanto, Paul Dillon, porta-voz da OIM, em Genebra, diz que no caso do grupo em referência, a travessia acabou sendo um pesadelo e uma experiência angustiante.

“Foi uma tragédia que abalou o continente africano: Restos mortais de 64 migrantes da Etiópia foram encontrados trancados no contentor de um camião, descoberto, a 24 de Março, perto de Tete, Moçambique. Um mês depois de escapar da morte, os homens concordaram que é um milagre que eles sobreviveram, ” diz Dillon.

FonteVoA

Siga-nos

0FansCurti
0SeguidoresSeguir
0InscritosSe inscrever

Últimas notícias

Notícias relacionadas

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.