Ensa
Portal de Angola
Informação ao minuto

Angolanos são os que mais dinheiro deixam no comércio português

(DR)

Se em termos globais os angolanos são os que mais gastam, já em valor médio por turista a liderança vai para os chineses.

Nos primeiros oito meses do ano, em Portugal, os gastos dos turistas oriundos de fora da União Europeia aumentaram 36%. O crescimento traduz uma aceleração face aos 12% registados no ano inteiro de 2018, indica o Jornal de Negócios, esta segunda-feira.

Segundo o responsável da empresa de “tax-free shopping”, o turismo de compras terá alcançado um volume de “400 a 500 milhões de euros” em 2018.

Em termos de volume global, “os turistas angolanos são os que mais dinheiro deixam no comércio português”, no entanto os brasileiros foram o que mais cresceram nos primeiros oito meses deste ano em comparação com igual período de 2018. Entre janeiro e agosto, o valor médio das compras dos brasileiros chegou aos 275 euros, um aumento de 23%.

Os turistas chineses são, no entanto, os que mais gastam, quando se olha para o valor médio despendido por cada turista vindo da China: 727 euros, valor que representa uma subida de 9% face a 2018. Seguem-se os norte-americanos (646 euros) e os russos (312). O top 5 fica completo com os brasileiros (275 euros) e os angolanos (254), logo seguidos dos moçambicanos (220) na sexta posição.

Também pode gostar

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está bem com isso, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Leia mais

Translate »