Ensa
Portal de Angola
Informação ao minuto

Marcha por melhorias de condições no Kilamba Kiaxi

Jovens desempregados marcharam nas ruas de Luanda sob o lema "Emprego é um direito, desemprego criminaliza". (DR)

Uma centena de pessoas participaram numa manifestação pacífica na tarde deste sábado no Kilamba Kiaxi, um dos municípios de Luanda, para protestar contra a política da administração local e exigir melhorias nas suas condições de vida. Esta marcha deu azo a fricções com a polícia e as autoridades referindo ter detido sete pessoas que acabaram por ser soltas três horas depois.

Segundo avança a RFI, várias dezenas de manifestantes entre activistas e vendedoras ambulantes marcharam neste Sábado numa das principais artérias do Município do Kilamba Kiaxi, para exigir a demissão da administradora local, Albina Guilhermina Luís, que acusam de má gestão. Na base do protesto está “a falta de água potável, de saneamento básico, a deficiente iluminação pública, os elevados índices de criminalidade, a falta de escolas” indicou um dos promotores dessa manifestação, Bantu Lukala Nzinga.

“Guilhermina fora”, “Kilamba Kiaxi quer melhorias”, “Queremos luz, água, saúde e educação” foram algumas das palavras de ordem proferidas pelos manifestantes e exibidas em dezenas de cartazes, maioritariamente por jovens e adolescentes.

O Kilamba Kiaxi é um dos nove municípios que constituem a área urbana de Luanda, situada a cerca de 20 quilómetros a sul da capital. Esta zona é considerada das mais povoadas mas também das mais desfavorecidas de Luanda.

O Programa de Investimentos Públicos previa este ano a construção de escolas suplementares naquela zona das imediações da capital. A administradora local, Albina Guilhermina Luís, em posto desde 2016, assegurou ainda no passado mês de Julho que, no prazo de seis meses, muitos projectos iriam ser implementados, designadamente na área ligada à juventude e desportos.

Também pode gostar

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está bem com isso, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Leia mais

Translate »