- Publicidade-
Smooth Jazz Rádio Calema
Inicio Destaques Houthis dizem ter capturado militares sauditas

Houthis dizem ter capturado militares sauditas

Rebeldes apoiados pelo Irão no Iêmen anunciam maior operação até o momento, dizendo ter capturado “grande número” de tropas da Arábia Saudita na região de fronteira. Não houve confirmação das autoridades sauditas.

Os rebeldes houthis, apoiados pelo Irão no conflito do Iêmen, avança a DW, afirmaram neste sábado (28/09) ter capturado um “grande número” de militares sauditas, como também centenas de veículos blindados e armamentos, durante uma operação na cidade fronteiriça de Nashran, no sul da Arábia Saudita, que durou três meses.

A operação resultou na “queda total de três brigadas militares das forças inimigas, com todo o seu equipamento militar e a maioria dos militares e comandantes”, afirmou o porta-voz militar dos houthis, Yahia Sarie, em comunicado transmitido pelo canal Al Masura, liderado pelos rebeldes.

“Esta é a maior operação desde que a agressão teve início em nosso país”, afirmou o porta-voz. Até ao momento, a aliança liderada pela Arábia Saudita não comentou a informação.

Na guerra no Iêmen, desencadeada em meados de 2014, os rebeldes houthis se opõem ao presidente Abd Rabbo Mansur Hadi, que é vem sendo apoiado, desde Março de 2015, por uma coligação internacional liderada pela Arábia Saudita.

O anúncio dos rebeldes vem quatro dias depois de os houthis terem afirmado que um ataque da coligação liderada por Riad matou 16 pessoas no sul do Iêmen, entre os quais sete menores.

A tensão na região intensificou-se depois do ataque com drones e foguetes contra refinarias da empresa petrolífera Aramco, em território saudita, no passado dia 14 de Setembro.

O conflito no país mais pobre da península arábica já causou dezenas de milhares de mortos, obrigou milhões a abandonarem as suas casas e foi classificado pela ONU como a pior crise humanitária do mundo.

- Publicidade -
- Publicidade -

Candidato à liderança da Federação Angolana de Futebol: Tony Estraga aposta na credibilização do Desporto-rei

Organizar, modernizar a federação e credibilizar o futebol figuram entre as linhas de força do antigo internacional, António Gomes "Tony Estraga", cuja intenção de...
- Publicidade -

Tomada de Posse da Associação Provincial de Natação de Luanda

No passado dia 05 de Junho de 2020 foi constituída uma nova associação em Prol do desenvolvimento da natação de Luanda. A APNL (Associação...

Economista José Cerqueira: “A saída da crise passa por encarar de frente a luta contra a inflação”

Foi um dos rostos do SEF - Saneamento Económico e Financeiro, um programa de reformas implementado ainda durante o regime de partido único, que...

Tony Blair: “A África pode cortar o cordão da ajuda. O verdadeiro desafio não é a falta de estratégia dos Estados, mas o tempo...

Num artigo anterior a este publicado pela revista francófona Jeune Afrique, o ex-Primeiro Ministro britânico afirmou: "O verdadeiro desafio não é a falta de...

Notícias relacionadas

Candidato à liderança da Federação Angolana de Futebol: Tony Estraga aposta na credibilização do Desporto-rei

Organizar, modernizar a federação e credibilizar o futebol figuram entre as linhas de força do antigo internacional, António Gomes "Tony Estraga", cuja intenção de...

Tomada de Posse da Associação Provincial de Natação de Luanda

No passado dia 05 de Junho de 2020 foi constituída uma nova associação em Prol do desenvolvimento da natação de Luanda. A APNL (Associação...

Economista José Cerqueira: “A saída da crise passa por encarar de frente a luta contra a inflação”

Foi um dos rostos do SEF - Saneamento Económico e Financeiro, um programa de reformas implementado ainda durante o regime de partido único, que...

Tony Blair: “A África pode cortar o cordão da ajuda. O verdadeiro desafio não é a falta de estratégia dos Estados, mas o tempo...

Num artigo anterior a este publicado pela revista francófona Jeune Afrique, o ex-Primeiro Ministro britânico afirmou: "O verdadeiro desafio não é a falta de...

Benin: Condenação de Léhady Soglo é teimosia política, segundo Me Bocovo

O ex-prefeito da cidade de Cotonou, Léhady Soglo, foi condenado a 10 anos de prisão pelo Tribunal de Supressão de Ofensas Económicas e Terrorismo (CRIET) . Um mandado de prisão internacional foi...
- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.