InicioDestaquesRival de Netanyahu rejeita condições do premiê para formar governo

Rival de Netanyahu rejeita condições do premiê para formar governo

O partido Azul e Branco de Israel, que conquistou o maior número de assentos nas eleições no início deste mês, rejeitou o que afirma ser demandas do primeiro-ministro Benjamin Netanyahu para formar uma coligação.

O partido afirmou nesta sexta-feira (27) que a coligação seria liderada pelo atual premiê e pelos seus aliados judeus de direita e ultra-ortodoxos.

Após conversas com o Likud de Netanyahu, o partido Azul e Branco disse que “deixou claro desde o início” que rejeitaria essas condições, ressaltando a difícil tarefa que o premiê mais longevo da história de Israel enfrenta para se manter no cargo.

“Está claro que a posição adotada ao estabelecer essas duas condições prévias tem como objetivo arrastar o estado de Israel para uma terceira rodada de eleições, de acordo com os interesses do primeiro-ministro”, disse o Azul e Branco em comunicado.

O partido centrista, liderado pelo ex-chefe do exército Benny Gantz, conquistou 33 assentos, seguido de perto pelo Likud de Netanyahu, com 32. Mas nenhum deles tem apoio suficiente para formar uma coalizão majoritária de 61 assentos, e eles estão ferozmente divididos sobre a liderança e a composição de qualquer governo de coalizão.

De acordo com a Sputnik, Netanyahu afirma que está negociando como chefe de um bloco de 55 assentos que inclui seus aliados, enquanto o Azul e Branco diz que está negociando apenas com o Likud.

Siga-nos

0FansCurti
0SeguidoresSeguir
0InscritosSe inscrever

Últimas notícias

Notícias relacionadas

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.