- Publicidade-
Rádio Calema
Inicio Destaques João Lourenço promete balanço dos dois anos de mandato "com factos e...

João Lourenço promete balanço dos dois anos de mandato “com factos e números”

O Presidente da República, João Lourenço, anunciou que vai apresentar, nos próximos dias, “com factos e números”, o balanço do que foram os primeiros dois anos do seu mandato, completados a 26 deste mês, antecipando, no entanto, que “em dois anos não se fazem milagres” apesar de reconhecer que “são legítimas as reclamações de alguns sectores da sociedade que não viram ainda concretizadas as suas expectativas de vida”.

“O que não se fez em 44 anos ninguém pode esperar que se faça em dois. Seria ingenuidade”, disse o Chefe de Estado numa entrevista concedida aos jornalistas angolanos que o acompanharam a Nova Iorque.

De acordo com o NJOnline, citado pelo Jornal de Angola, o Presidente da República afirmou que “não basta apregoar aos quatro ventos o combate à corrupção, é necessário a existência de uma efectiva e proporcional punição”, lembrando, no entanto, que “é preciso não descurar que existe corrupção em todos os países do mundo”.

“O importante é que não haja impunidade, que aqueles que se aventurarem nestes caminhos tenham uma efectiva punição”, disse.

Questionado sobre o que os angolanos podem esperar do Governo nos próximos três anos de mandato, João Lourenço disse que espera um melhor desempenho económico, uma maior participação do sector privado na diversificação dos produtos de exportação.

O Chefe de Estado disse ainda esperar que o País não dependa apenas do petróleo e dos diamantes e possa baixar as taxas de desemprego, contando, para isso, com o investimento privado.

“Uma maior participação do sector privado na economia. Que nos próximos três anos consigamos baixar, consideravelmente, as taxas de desemprego que todos nós conhecemos”, afirmou, destacando a atenção que o Governo tem dado para impulsionar o crescimento do sector privado, retirando, do Estado, a concentração da economia, e deixando essa tarefa “aos homens de negócios, nacionais e estrangeiros”.

“E isto não é apenas discurso. Nós anunciámos, há relativamente pouco tempo, uma linha de financiamento de um banco europeu, num valor considerável para o sector privado nacional. Isto é um sinal muito claro do que nós esperamos do nosso sector privado. Pretendemos que ele cresça e ocupe o seu espaço”, sublinhou João Lourenço.

- Publicidade -
- Publicidade -

Número de endividados sem capacidade de pagamento atinge 4,6 milhões no Brasil

Cerca de 4,6 milhões de endividados no Brasil devem a instituições financeiras mais do que podem pagar. O Banco Central (BC) divulgou nesta quinta-feira (4)...
- Publicidade -

Homem esfaqueia 37 crianças e dois adultos numa escola da China

Um segurança de uma escola primária na cidade de Cangwu, no sul da China, esfaqueou pelo menos 39 pessoas, nesta quinta-feira, 4. "Trinta e sete...

Lunda Norte ganha praça da cultura

Uma praça da cultura está ser construída no distrito urbano do Dundo, defronte o Museu Regional, para permitir aos artistas a comercialização dos seus...

Trump soma à lista negra de sanções dos EUA intermediária de remessas em Cuba

O governo de Donald Trump somou nesta quarta-feira (3) à lista de entidades sancionadas pelos Estados Unidos a empresa cubana Fincimex, a instituição financeira...

Notícias relacionadas

Número de endividados sem capacidade de pagamento atinge 4,6 milhões no Brasil

Cerca de 4,6 milhões de endividados no Brasil devem a instituições financeiras mais do que podem pagar. O Banco Central (BC) divulgou nesta quinta-feira (4)...

Homem esfaqueia 37 crianças e dois adultos numa escola da China

Um segurança de uma escola primária na cidade de Cangwu, no sul da China, esfaqueou pelo menos 39 pessoas, nesta quinta-feira, 4. "Trinta e sete...

Lunda Norte ganha praça da cultura

Uma praça da cultura está ser construída no distrito urbano do Dundo, defronte o Museu Regional, para permitir aos artistas a comercialização dos seus...

Trump soma à lista negra de sanções dos EUA intermediária de remessas em Cuba

O governo de Donald Trump somou nesta quarta-feira (3) à lista de entidades sancionadas pelos Estados Unidos a empresa cubana Fincimex, a instituição financeira...

Tribunal Constitucional chumba pedido de Habeas Corpus de ex-ministro Augusto Tomás

O Tribunal Constitucional (TC) chumbou esta semana o pedido de Habeas Corpus interposto pela equipa de advogados do ex-ministro dos Transportes, Augusto Tomás, o...
- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.