Ensa
Portal de Angola
Informação ao minuto

Japão considera a China mais perigosa que Coreia do Norte

(© AP Photo / Li Tao)

Japão actualiza lista de ameaças para a segurança nacional e coloca China à frente da Coreia do Norte.

O governo japonês alertou para o crescente poder militar da China e afirma que o gigante asiático se tornou uma ameaça maior para a segurança nacional do que a Coreia do Norte.

Segundo a Sputnik, o Japão elevou as suas despesas militares em 10% nos últimos sete anos para combater os avanços militares de Pequim e Pyongyang. O orçamento foi utilizado para desenvolver e implantar defesas contra os mísseis norte-coreanos, que podem transportar ogivas nucleares, segundo o tabloide Express.

A Coreia do Norte realizou uma série de lançamentos de mísseis de curto alcance, que Tóquio considera uma prova de que Pyongyang estaria desenvolvendo projéteis para furar as defesas do sistema antimísseis Aegis.

Contudo, a presença da China no mar do Japão está também preocupando profundamente o governo japonês.

De acordo com o Livro Branco da Defesa japonesa, as patrulhas chinesas em águas e espaço aéreo próximo do território japonês são “uma preocupação de segurança nacional”.

Perante a “ameaça” chinesa, os japoneses estão tentando elevar o seu poder militar e solicitaram um orçamento de USD 1,23 biliões para modernizar as suas forças, através da compra de nove caças furtivos norte-americanos F-35 e outras armas avançadas.

Entretanto, pode-se dizer que os japoneses ainda estão muito distantes de igualarem as forças chinesas, que estão avançando consideravelmente com novos porta-aviões e outros equipamentos militares.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está bem com isso, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Leia mais

Translate »