- Publicidade-
Smooth Jazz Rádio Calema
Inicio Mundo Lusófono Guiné-Bissau Guiné-Bissau: Presidenciais comprometidas

Guiné-Bissau: Presidenciais comprometidas

O Supremo Tribunal de Justiça deveria ter começado esta quinta-feira a analisar as candidaturas para as eleições presidenciais, mas a greve dos magistrados da Guiné-Bissau impediu o processo e pode vir a comprometer o calendário eleitoral.

Segundo a RFI, o Supremo Tribunal de Justiça tem 21 dias, a partir desta quinta-feira, para apreciar as candidaturas às eleições presidenciais de 24 de Novembro. O problema é que o prazo corre riscos de ser perturbado devido à uma greve dos magistrados judiciais e os do Ministério Público.

A greve dos magistrados, que começou esta quinta-feira, decorre até o próximo dia 4 de Outubro. Os magistrados exigem do governo a aplicação do novo estatuto remuneratório e a melhoria de condições de trabalho nos tribunais.

Um porta-voz dos sindicatos dos magistrados judiciais e os do Ministério Público admitiu que a greve poderá comprometer o cumprimento do calendário eleitoral e desta forma colocar em risco a data de 24 de Novembro.

Com a greve, o Supremo Tribunal de Justiça fica sem possibilidade de atestar a validade das 19 candidaturas, 11 suportadas por partidos e oito independentes, conforme manda a lei guineense.

Sem a apreciação o Supremo não poderá dar luz verde aos órgãos eleitorais para o arranque efectivo do processo que vai conduzir a votação no dia 24 de Novembro.

- Publicidade -
- Publicidade -

Barril de Brent perde valor há quatro dias consecutivos

Apesar de perdas ligeiras, o barril de petróleo vendido em Londres, onde o Brent local serve de referência às exportações angolanas, está a perder...
- Publicidade -

Dados da Unicef. 365 milhões de crianças em pobreza extrema

Uma em cada seis crianças vivia em pobreza extrema antes da pandemia de Covid-19. Um relatório do Banco Mundial e da Unicef revela que...

Cobaias: Reino Unido apoia ensaios onde humanos são deliberadamente infectados com o novo coronavírus

O Governo britânico assinou um contrato para a realização dos primeiros estudos em que voluntários saudáveis são deliberadamente infectados com SARS-CoV-2. O objectivo é...

Covid-19: Angola anuncia 207 novas infecções, um óbito e um recuperado

As autoridades sanitárias angolanas anunciaram, nesta segunda-feira, o registo de 207 novos casos, um óbito e um recuperado. Segundo o secretário de Estado para a...

Notícias relacionadas

Barril de Brent perde valor há quatro dias consecutivos

Apesar de perdas ligeiras, o barril de petróleo vendido em Londres, onde o Brent local serve de referência às exportações angolanas, está a perder...

Dados da Unicef. 365 milhões de crianças em pobreza extrema

Uma em cada seis crianças vivia em pobreza extrema antes da pandemia de Covid-19. Um relatório do Banco Mundial e da Unicef revela que...

Cobaias: Reino Unido apoia ensaios onde humanos são deliberadamente infectados com o novo coronavírus

O Governo britânico assinou um contrato para a realização dos primeiros estudos em que voluntários saudáveis são deliberadamente infectados com SARS-CoV-2. O objectivo é...

Covid-19: Angola anuncia 207 novas infecções, um óbito e um recuperado

As autoridades sanitárias angolanas anunciaram, nesta segunda-feira, o registo de 207 novos casos, um óbito e um recuperado. Segundo o secretário de Estado para a...

Cabo Delgado: ONG regista 20 mortes em ataques recentes

Centro para Democracia e Desenvolvimento elaborou relatório sobre ataques recentes na província moçambicana. Segundo a ONG, assistência humanitária em algumas áreas é insuficiente para...
- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.