- Publicidade-
Smooth Jazz Rádio Calema
Inicio Mundo África Genocídio no Ruanda: sentença confirmada para o ex-ministro Ngirabatware

Genocídio no Ruanda: sentença confirmada para o ex-ministro Ngirabatware

A condenação do ex-ministro ruandês Augustin Ngirabatware pelo seu papel no genocídio de 1994 no Ruanda foi finalmente confirmada esta sexta-feira, 27, pela justiça internacional após uma revisão do seu julgamento.

O ministro do Plano na época do genocídio, que causou 800.000 mortes de acordo com a ONU, principalmente membros da minoria tutsi, Augustin Ngirabatware havia sido condenado em apelação a 30 anos de prisão pelo Tribunal Penal Internacional para o Ruanda (ICTR), por genocídio e incitação a cometer genocídio na sua comuna de Nyamyumba (noroeste do país).

Em Junho de 2017, o Mecanismo para Tribunais Penais Internacionais (MICT) aceitou o seu pedido de revisão do seu julgamento – o primeiro de um condenado por ICTR – com base em retratos de testemunhas que o incriminaram.

Porém, algumas dessas testemunhas, lembradas no bar, finalmente mantiveram o seu testemunho inicial, explicando ter um momento para se retrair após a pressão e a intimidação dos parentes de Ngirabatware.

“A Câmara decide por unanimidade que a sentença permanece em vigor em todos os seus aspectos”, disse o juiz Theodor Meron, durante uma audiência em Arusha (Tanzânia).

Nascido em 1957 em Nyamyumba, Ngirabatware é genro do empresário Félicien Kabuga, o mais conhecido ICTR acusado ainda em fuga.

Médico e economista formado na Suíça, Ngirabatware fugiu do Ruanda em Julho de 1994. Trabalhou em institutos de pesquisa no Gabão e na França, antes de ser preso na Alemanha em 2007 e depois transferido para o ICTR um ano depois.

- Publicidade -
- Publicidade -

Se o Governo falhar, falhamos todos!

A “ COVID-19 não é brincadeira! Além de estar a causar uma segunda vaga em Portugal e noutros países, esta confirmação levou agora o...
- Publicidade -

Candidato à liderança da Federação Angolana de Futebol: Tony Estraga aposta na credibilização do Desporto-rei

Organizar, modernizar a federação e credibilizar o futebol figuram entre as linhas de força do antigo internacional, António Gomes "Tony Estraga", cuja intenção de...

Tomada de Posse da Associação Provincial de Natação de Luanda

No passado dia 05 de Junho de 2020 foi constituída uma nova associação em Prol do desenvolvimento da natação de Luanda. A APNL (Associação...

Economista José Cerqueira: “A saída da crise passa por encarar de frente a luta contra a inflação”

Foi um dos rostos do SEF - Saneamento Económico e Financeiro, um programa de reformas implementado ainda durante o regime de partido único, que...

Notícias relacionadas

Se o Governo falhar, falhamos todos!

A “ COVID-19 não é brincadeira! Além de estar a causar uma segunda vaga em Portugal e noutros países, esta confirmação levou agora o...

Candidato à liderança da Federação Angolana de Futebol: Tony Estraga aposta na credibilização do Desporto-rei

Organizar, modernizar a federação e credibilizar o futebol figuram entre as linhas de força do antigo internacional, António Gomes "Tony Estraga", cuja intenção de...

Tomada de Posse da Associação Provincial de Natação de Luanda

No passado dia 05 de Junho de 2020 foi constituída uma nova associação em Prol do desenvolvimento da natação de Luanda. A APNL (Associação...

Economista José Cerqueira: “A saída da crise passa por encarar de frente a luta contra a inflação”

Foi um dos rostos do SEF - Saneamento Económico e Financeiro, um programa de reformas implementado ainda durante o regime de partido único, que...

Tony Blair: “A África pode cortar o cordão da ajuda. O verdadeiro desafio não é a falta de estratégia dos Estados, mas o tempo...

Num artigo anterior a este publicado pela revista francófona Jeune Afrique, o ex-Primeiro Ministro britânico afirmou: "O verdadeiro desafio não é a falta de...
- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.