InicioDestaquesTestemunha conta suposta insubordinação do general José Maria

Testemunha conta suposta insubordinação do general José Maria

O director-adjunto do Serviço de Inteligência e Segurança do Estado (SINSE), José Coimbra Baptista Júnior, confirmou ontem, no Supremo Tribunal Militar (STM), que o general António José Maria não acatou a decisão do Presidente da República, João Lourenço, no sentido de fazer a entrega de todo o acervo do Serviço de Informação e Segurança Militar (SISM), após à sua exoneração.

De acordo com o JA, José Coimbra Baptista Júnior respondia ontem no STM na qualidade de testemunha de acusação, no julgamento em que o ex-chefe do SISM, general António José Maria, é acusado da prática dos crimes de extravio de documentos, aparelhos ou objectos que contêm informações de carácter militar, bem como de insubordinação.

Coimbra Baptista confirmou aos juízes o encontro, no dia 11 de Fevereiro deste ano, entre o director-geral do SINSE, Fernando Garcia Miala, e o general José Maria, em que o primeiro transmitiu a ordem do Presidente João Lourenço, no sentido de o ex-chefe do SISM entregar, no prazo de 48 horas, todo o acervo relativo à Batalha do Cuito Cuanavale.

“O general José Maria disse que se encontrava a dirigir um gabinete na FESA e que, para que este acervo pudesse ser entregue, o Presidente João Lourenço devia contactar o ex-Presidente José Eduardo dos Santos”, contou.

A testemunha sublinhou que houve, por parte do general Garcia Miala, a tentativa de convencer José Maria a reconsiderar a sua posição, para evitar situações que poderiam não ser as mais desejadas, mas o ex-chefe do SISM manteve-se firme na sua posição.

“Em momento nenhum houve da parte do general José Maria a aceitação da ordem baixada pelo Presidente da República para a entrega do acervo sobre a Batalha do Cuito Canavale”, afirmou. O Tribunal volta hoje a ouvir várias testemunhas.

Siga-nos

0FansCurti
0SeguidoresSeguir
0InscritosSe inscrever

Últimas notícias

Notícias relacionadas

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.