- Publicidade-
Smooth Jazz Rádio Calema
Inicio Destaques Testemunha conta suposta insubordinação do general José Maria

Testemunha conta suposta insubordinação do general José Maria

O director-adjunto do Serviço de Inteligência e Segurança do Estado (SINSE), José Coimbra Baptista Júnior, confirmou ontem, no Supremo Tribunal Militar (STM), que o general António José Maria não acatou a decisão do Presidente da República, João Lourenço, no sentido de fazer a entrega de todo o acervo do Serviço de Informação e Segurança Militar (SISM), após à sua exoneração.

De acordo com o JA, José Coimbra Baptista Júnior respondia ontem no STM na qualidade de testemunha de acusação, no julgamento em que o ex-chefe do SISM, general António José Maria, é acusado da prática dos crimes de extravio de documentos, aparelhos ou objectos que contêm informações de carácter militar, bem como de insubordinação.

Coimbra Baptista confirmou aos juízes o encontro, no dia 11 de Fevereiro deste ano, entre o director-geral do SINSE, Fernando Garcia Miala, e o general José Maria, em que o primeiro transmitiu a ordem do Presidente João Lourenço, no sentido de o ex-chefe do SISM entregar, no prazo de 48 horas, todo o acervo relativo à Batalha do Cuito Cuanavale.

“O general José Maria disse que se encontrava a dirigir um gabinete na FESA e que, para que este acervo pudesse ser entregue, o Presidente João Lourenço devia contactar o ex-Presidente José Eduardo dos Santos”, contou.

A testemunha sublinhou que houve, por parte do general Garcia Miala, a tentativa de convencer José Maria a reconsiderar a sua posição, para evitar situações que poderiam não ser as mais desejadas, mas o ex-chefe do SISM manteve-se firme na sua posição.

“Em momento nenhum houve da parte do general José Maria a aceitação da ordem baixada pelo Presidente da República para a entrega do acervo sobre a Batalha do Cuito Canavale”, afirmou. O Tribunal volta hoje a ouvir várias testemunhas.

- Publicidade -
- Publicidade -

Presidente da CEEAC defende construção de destinos comuns

O Presidente em Exercício da Comunidade Económica dos Estados da África Central (CEEAC), Ali Bongo, declarou este domingo que a única forma de tornar...
- Publicidade -

Pressão sobre o kwanza abranda no próximo ano

Analistas da Fitch Solutions prevêem ligeira recuperação na produção interna do petróleo e taxam a média da inflação nos 21,9 por cento até ao...

Obras da transformadora de café podem ser concluídas em 2021

A província do Uíge poderá ter, até Maio de 2021, uma nova fábrica de transformação de café, com capacidade para movimentar 700 toneladas por...

Angolanos recorrem ao método “Fazer Sócia” para sobreviverem

Para poderem comprar alimentos cada vez mais caros famílias e indivíduos angolanos têm que “fazer sócia”, um acto que consiste na junção de valores...

Notícias relacionadas

Presidente da CEEAC defende construção de destinos comuns

O Presidente em Exercício da Comunidade Económica dos Estados da África Central (CEEAC), Ali Bongo, declarou este domingo que a única forma de tornar...

Pressão sobre o kwanza abranda no próximo ano

Analistas da Fitch Solutions prevêem ligeira recuperação na produção interna do petróleo e taxam a média da inflação nos 21,9 por cento até ao...

Obras da transformadora de café podem ser concluídas em 2021

A província do Uíge poderá ter, até Maio de 2021, uma nova fábrica de transformação de café, com capacidade para movimentar 700 toneladas por...

Angolanos recorrem ao método “Fazer Sócia” para sobreviverem

Para poderem comprar alimentos cada vez mais caros famílias e indivíduos angolanos têm que “fazer sócia”, um acto que consiste na junção de valores...

Guiné-Bissau regista 14 novos casos para total de 2.403

A Guiné-Bissau registou na última semana 14 novos casos positivos para o novo coronavírus, num total de 2.403 infectados, e manteve o número de...
- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.