Ensa
Portal de Angola
Informação ao minuto

Detidos suspeitos de desvio de dinheiro de contas bancárias de particulares

(DR)

Uma rede de supostos criminosos, composta por quatro cidadãos envolvidos no desvio de mais de 30 milhões de kwanzas das contas bancárias de falecidos, foi desmantelada pelo Comando da Polícia Nacional na província do Huambo, depois de uma investigação, escreve a Angop.

O facto foi dado a conhecer à imprensa esta quinta-feira, no município da Caála, pelo director do Gabinete de Comunicação da Delegação do Ministério do Interior, intendente Martinho Cavita.

Segundo o oficial, os indivíduos são acusados de crimes de falsificação e subtracção fraudulenta de valores em contas bancárias de cidadãos presumivelmente falecidos.

Acrescenta que, de acordo com as investigações, as movimentações foram reactivadas por funcionários de uma instituição bancária, cuja identificação não quis revelar.

Referiu que os prevaricadores se apresentaram com documentos falsificados, nos quais possuíam informações que davam conta serem familiares dos supostos titulardes falecidos destas contas com valores monetários sem movimentação.

Martinho Cavita acrescentou que o grupo teve o apoio directo de funcionários do banco que contribuíram na feitura dos documentos que permitem a movimentação de verbas dos supostos titulares mortos como herdeiros dos mesmos.

“O trabalho de investigação vai continuar para anular qualquer tentativa destas acções criminosas, a fim de desencorajar estas práticas antissociais”, completou.

Também pode gostar

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está bem com isso, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Leia mais

Translate »