- Publicidade-
Smooth Jazz Rádio Calema
Inicio Mais Eventos AB E 12 levam rap em dose dupla ao 'Morrão'

AB E 12 levam rap em dose dupla ao ‘Morrão’

A Editora 12transfusons situada em Cabinda, reuniu alguns rapper´s de Cabinda e de Luanda para um concerto cujo objectivo é promover o intercâmbio cultural entre estas duas províncias de Angola.

O PCA da 12transfusons (#NéfilimHespanhol) avança que o evento é consequência da grelha de programas traçados para este ano.

O evento a não perder que conta com as Luzes de ABSINTO, RESOLUTO, LIA CONVERSE, EDGAR LEAL, ZERO DOIS, REDGOVEN, Nlando Tona, Haudaz,Kardinal Mc, Killer, Jbreezy, Lizzy-E, Mono Stereo, Nice Kaveli,Vany André e Shackshura.

Um evento conta com as animações dos Dj´s Litwenty, Remix Cadolo e Chicão Cadolo, uma iniciativa da 12transfusons em parceria com a AB & MM Lounge Bar.

Já quisemos fazer isto a muito tempo mais tem surgido alguns entraves ou situações que têm tido maior peso na balança portanto fomos adiando. Mas desta vez é diferente. Surgiu uma oportunidade e nós decidimos abraçá-la. Afirma Néfilim Hespanhol.

Os ingressos serão comercializados no dia e no local do Show por apenas 500kz.

Acompanhe aqui o resto da conversa mantida com o Néfilim Hespanhol (NH) onde aproveitamos esclarecer algumas dúvidas.

MQB: Antes eras CEO (Chefe executivo de Operações) da 12transfusons e hoje és PCA (Presidente do Conselho Administrativo) , qual a razão desta mudança.?

NH: Hoje em dia todo mundo quer ser CEO sem perceber o real sentido da palavra, mas mesmo assim intitulam-se. O CEO executa os planos propostos pelo conselho de Administração de uma determinada Organização. Já o Conselho de Administração representa os Accionistas da empresa. Até agora ainda sou o único accionista da 12transfusons então eu próprio sou o P.C.A.

MQB: Há quem diz que a 12transfusons já não existe, os artistas deixaram de Cantar. O que tem a dizer sobre isso?

NH: Manos na vida tu vais ter sempre um tempo em que te dedicas em algo a 100 ou 90% e depois terás outras prioridades ou paras para reflectir o que tens feito e tentar encontrar estratégias para mudar o cenário ou rotular o trabalho que tens feito na perspectiva de cresceres mais.

NH: Os meus artistas continuam a dropar e tirar projectos (embora não físicos) mas continuam a trabalhar.
A mim já não motiva organizar eventos para rapper´s. Foi assim à 5 ou 7 anos atrás e continua assim até hoje. Tem muitos manos a trabalharem, a organizarem eventos e muito mais mas, a verdade é que o cenário continua o mesmo e ainda não mudou nada. Não é que esteja sentado a espera que as coisas mudam mas, prefiro lutar doutro jeito. Realizaremos eventos sempre que acharmos convenientes mas as coisas já não voltaram a ser como em 2014 por exemplo.

MQB: O que é feito do projecto Quartas Culturais, Parada musical Hip-hop e Hip-Hop Na Comunidade?

NH: Quartas Culturais fechou por razões alheias a nossa vontade, se passarem pelo local onde se realizava verão que aquela discoteca fechou e o espaço já deve ter um outro proprietário; O ParadaMusicalHH, é um projecto que durou quase 5 anos e a dada altura eu particularmente já não me identificava com o projecto, o Pastor também já manifestava seu desejo de abandonar o Projecto, O JMK também ídem, então conjuntamente concluímos que o projecto já tinha alcançado seus objectivos e que era a altura de fecha-lo.

MQB: O projecto Heroínas foi um Fracasso, reconhece?

NH: Heroínas foi um dos projectos com que eu mais quis investir, estava a apostar mas apesar dos esforços de todos os envolvidos tenho de reconhecer, fracassamos. As meninas gravaram o projecto mas quando recebi a maquete eu não tinha gostado do resultado, achei que não tinha a qualidade que queria para as ruas, pedi que regravassem mas, algumas integrantes do grupo já tinham viajado por causa da formação e então o projecto tinha sido cancelado.

MQB: Tu tens Beef com alguém no movimento.

NH: Não tenho e nunca tive beef com ninguém e nem me vejo a ter beef´s com ninguém (não ganho nada com isso), O que acontece as vezes é que as possas dizem defender a verdade mas não gostam de ser confrontadas com a verdade. Este movimento é um mar de hipocrisia, as pessoas com mão de abraçam a com a outra seguram a faca.

MQB: Então como explicas o beef com a Black Money e o Sem Culpa?

NH: Estes putos da Black Money adoram-me(risos), As vezes fico triste e eles de uma forma ou de outra se apercebem e mandam-me beef para me fazer rir e pra ver se me animo um pouco. Mas não considero isto beef, embora não tenho e nem pretendo ter ligações com aquele grupo. Quanto ao Sem Culpa, Não sei se por alguma razão ele tem beef comigo e nem faço ideia do que é que é que teria motivado esta questão mas eu não tenho beef com o dred. Aquele é um irmão que tem feito um bom trabalho no que diz respeito ao movimento, não tenho motivos para ter beef com o dred.

Já agora, aproveito aqui o vosso blog para felicitar o Sem Culpa pela tour que tem levado a cabo pelas províncias.

MQB: Como avalias o estado do movimento Cabinda em particular nos dias de hoje?

NH: Bem não diria que está tão mal, já não é mesma coisa como em 2014/2015, continuamos a registrar shows vazios, há muito pouca ou quase nenhuma venda de cd´s. Ainda verificamos os mesmos problemas que criticamos há 5 anos atrás.

MQB: Achas que a o Encerramento do programa de Rádio e do Quartas Culturais têm alguma influência sobre isso?.

NH: Por um lado sim, quando o programa estava no ar, havia muito mais circulação musical, os rapper´s queriam gravar mais músicas/projectos. Nós tínhamos noção do impacto negativo que o encerramento do programa causaria para o movimento mas, nem tudo foi periodo por um lado perdemos o programa mas, os rapper´s se tornaram mais activos no uso das redes sociais, há quem já posta músicas em plataformas internacionais, por um lado perdemos Quartas Culturais mas, ganhamos Chia Bar , onde se verifica se pode ver que quase todos os rapper´s estão preocupados em realizar concertos para divulgar suas obras.

MQB: Voltando para o Show da Luz, O que é que o se pode esperar deste evento?

NH: Bem acima de tudo boa música. Se fores a verificar, diversão, entretenimento e tudo que um bom evento pode proporcionar.

MQB: Já para terminar, Quais os próximos passos depois de Show da Luz.

NH: Ora bem, já temos 2 maquetes prontas. O Ep Shot´s de Absinto do rapper Absinto e o Álbum #Liberdade de Zero Dois, O #Pirâmides de Rezoluto também já está quase pronto embora ainda não temos datas definidas para estes projectos mas tenho a certeza de que alguns deles sairão ainda este ano.

Mambos que Batem

- Publicidade -
- Publicidade -

AGT propõe redução da taxa aduaneira nos bens de uso pessoal para 2021

A Administração Geral Tributária (AGT) propôs incluir na Lei do OGE de 2021, a dispensa do procedimento de despacho e do pagamento dos direitos...
- Publicidade -

Secil Marítima e Unicargas na lista para privatizar em 2021

A Secil Marítima, empresa de navegação, e a Unicargas, empresa de gestão portuária e transporte de carga, poderão ser privatizadas no primeiro semestre do...

Holdimo garante que é “parceiro leal e estratégico” do Sporting e que CMVM “verificou licitude dos fundos” que entraram em Alvalade

Holdimo detalhou ao Observador todas as operações feitas com o Sporting, da compra de parte de passes à transformação de crédito em capital, e...

Activista Mensageiro Andrade denuncia desumanas condições das celas prisionais na Huíla

Autoridades admitem precariedade das condições das celas policiais mas as atribuem à conjuntura do país O activista cívico angolano Manuel Andrade, recentemente condenado a três...

Notícias relacionadas

AGT propõe redução da taxa aduaneira nos bens de uso pessoal para 2021

A Administração Geral Tributária (AGT) propôs incluir na Lei do OGE de 2021, a dispensa do procedimento de despacho e do pagamento dos direitos...

Secil Marítima e Unicargas na lista para privatizar em 2021

A Secil Marítima, empresa de navegação, e a Unicargas, empresa de gestão portuária e transporte de carga, poderão ser privatizadas no primeiro semestre do...

Holdimo garante que é “parceiro leal e estratégico” do Sporting e que CMVM “verificou licitude dos fundos” que entraram em Alvalade

Holdimo detalhou ao Observador todas as operações feitas com o Sporting, da compra de parte de passes à transformação de crédito em capital, e...

Activista Mensageiro Andrade denuncia desumanas condições das celas prisionais na Huíla

Autoridades admitem precariedade das condições das celas policiais mas as atribuem à conjuntura do país O activista cívico angolano Manuel Andrade, recentemente condenado a três...

Filha de Samora Machel entre as 100 mulheres mais influentes do mundo

Josina Machel, a filha de Graça e Samora Machel, é uma das 100 mulheres mais influentes do mundo, na lista da BBC. Ativista, criou...
- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.