- Publicidade-
InicioDestaquesPresidente João Lourenço discursa hoje na ONU

Presidente João Lourenço discursa hoje na ONU

O Presidente da República, João Lourenço, discursa hoje, terça-feira, durante 15 minutos, na 74.ª Sessão Anual da Assembleia Geral das Nações Unidas, em Nova Iorque, EUA.

De acordo com a Angop, a intervenção do Presidente angolano, marcada para as 15 horas locais (20 horas em Angola), será a primeira na sessão da tarde de hoje, dia em que se inicia o Debate Geral na maior tribuna política mundial.

Antes, no período da manhã, o representante do Brasil será o primeiro a intervir, seguindo-se o do país-sede da ONU, os Estados Unidos da América.

Até à próxima sexta-feira (27), a Sessão Anual da Assembleia Geral das Nações Unidas será marcada por intervenções de representantes de cerca de 150 países, entre Chefes de Estado e de Governo.

As sessões da Assembleia Geral das Nações Unidas, organização fundada em 1945, são momentos em que os líderes mundiais discutem os assuntos de interesse global e apresentam as agendas dos respectivos países, sobretudo em matérias relacionadas com a paz e segurança regionais e mundial.

Depois do discurso na ONU, o Chefe de Estado angolano deve conceder, também, duas entrevistas à Rádio das Nações Unidas e ao News Street Jornal, este último com mais de 300 milhões de leitores.

Na quarta-feira, o Estadista angolano participa, em Nova Iorque, na Cimeira Extraordinária dos Chefes de Estados e de Governo dos Países Africanos de Língua Portuguesa.

Deve, também, participar no Diálogo de Alto Nível da Assembleia Geral das Nações Unidas sobre Financiamento para o Desenvolvimento.

Angola foi admitida como membro da ONU em Dezembro de 1976, durante a 31.ª Sessão da Assembleia-Geral, presidida por Hamilton Amerasinghe, do Sri Lanka, na qual participou com uma delegação chefiada pelo então ministro das Relações Exteriores, José Eduardo dos Santos, ex-Chefe de Estado.

Desde a sua admissão na ONU, tem sido um membro activo e interactivo, tendo integrado vários órgãos, com realce para o Conselho de Segurança (2003-2004 e 2015-2016), na qualidade de membro não-permanente, Conselho de Direitos Humanos e Conselho Económico e Social.

- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -

Notícias relacionadas

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.