- Publicidade-
Rádio Calema
Inicio Economia Investimento condiciona deslocação de fábrica de fertilizantes

Investimento condiciona deslocação de fábrica de fertilizantes

Angop

O director executivo da unidade processadora de fertilizantes de Benguela (FertiÁfrica), Malik Charaniya, afirmou esta terça-feira, nesta cidade, ser “quase impossível” proceder a deslocação do projecto nesta altura para outra zona, por ter sido já feito um investimento de cerca de usd 20 milhões.

O responsável, que falava em conferência de imprensa, sobre a construção da unidade fabril junto a uma zona habitacional (bairro da Garça), referiu que para a deslocação do projecto são necessários cerca de seis milhões de dólares norte-americanos.

“Por enquanto, não há possibilidade de se fazer a deslocação da fábrica, porque já foi feito um investimento avultado. Gastar mais usd seis milhões é de momento insustentável”, referiu.

Malik Charaniya disse que a fábrica tem praticamente a sua infra-estrutura concluída.

Por seu lado, o director técnico e comercial da empresa Resurb-Ambiente, contratada para fazer a consultoria ambiental, Filipe Cambão, esclareceu que o processo produtivo não vai recorrer a nenhuma reacção química, consistindo apenas num processo físico de mistura, recorrendo a água para produção do granulado, tendo em conta as diferentes propriedades de pressão e temperatura para posterior ensacamento e armazenamento.

O especialista acrescentou ainda que as principais actividades da unidade fabril serão relacionadas com a produção de adubos a base de azoto, fósforo e potássio, recorrendo a mistura mecânica das matérias-primas.

“ A avaliação que foi feita sobre o impacto ambiental ainda está em curso pela entidade de tutela e o que está a ser feito nesta apresentação é considerar a fase de exploração”, disse.

Explicou ainda que o mais importante são as medidas de mitigação da unidade, como a limpeza efectuada a seco, desempoeira, sistema de racionalização de consumo de água, colocação de caudalímetros, áreas técnicas e produtivas, que serão devidamente impermeáveis, e os produtos químicos e combustíveis armazenados em bacias de contenção dimensionadas, com fossas sépticas estanques e separador de hidrocarbonetos (SHC).

Segundo o consultor, a unidade vai criar 120 postos de trabalho directos e indirectos, bem como garantir a implementação das melhores técnicas disponíveis, a redução das importações de fertilizantes e aumento de rentabilidade dos agricultores.

A empresa FertiÁfrica foi criada em Fevereiro de 2018 e tem como objectivo a produção de fertilizantes através de misturas de matérias-primas, granulação, ensacamento, armazenamento e sua comercialização.

O empreendimento, localizado junto a Estrada Nacional nº 100, no bairro da Graça, Zona F, município de Benguela, possui uma licença de construção provisória com o prazo de um ano, que termina em Dezembro.

O Tribunal de Comarca de Benguela auscultou os membros da associação OMUNGA e a sociedade civil que interpuseram, em Maio passado, uma providência cautelar na sala do Cível para a suspensão das obras da fábrica de fertilizantes do bairro da Graça, cujo juiz da causa, Adelino Tupita, concluiu a audiência depois da leitura e assinatura, por todos intervenientes, da acta da audiência, ficando de notificar as partes para a sentença final em data não avançada.

- Publicidade -
- Publicidade -

Lembrar George Floyd e Luther King

por Gabriel Baguet JrCom um Fraterno Abraço num momento marcante da História da Humanidade quer pelas perdas de milhares de Vidas inocentes face...
- Publicidade -

UE prepara 10 milhões de euros para Angola

A União Europeia (UE) vai disponibilizar dez milhões de euros para ajudar Angola na implementação de programas para mitigar o impacto da pandemia do...

Produção industrial do Brasil desaba 18,8% em Abril por efeito do coronavírus

A produção industrial do Brasil despencou 18,8% em abril na comparação com março, e 27,2% em relação ao mesmo mês de 2019, consequência do...

Covid-19: Número de mortos em África sobe para 4.493 em mais de 157 mil casos

O número de mortos em África devido à covid-19 subiu hoje para 4.493, mais 149, em mais de 157 mil casos, nos 54 países,...

Notícias relacionadas

Lembrar George Floyd e Luther King

por Gabriel Baguet JrCom um Fraterno Abraço num momento marcante da História da Humanidade quer pelas perdas de milhares de Vidas inocentes face...

UE prepara 10 milhões de euros para Angola

A União Europeia (UE) vai disponibilizar dez milhões de euros para ajudar Angola na implementação de programas para mitigar o impacto da pandemia do...

Produção industrial do Brasil desaba 18,8% em Abril por efeito do coronavírus

A produção industrial do Brasil despencou 18,8% em abril na comparação com março, e 27,2% em relação ao mesmo mês de 2019, consequência do...

Covid-19: Número de mortos em África sobe para 4.493 em mais de 157 mil casos

O número de mortos em África devido à covid-19 subiu hoje para 4.493, mais 149, em mais de 157 mil casos, nos 54 países,...

Angola inaugura hospital de campanha para combater covid-19

Angola tem sido relativamente poupada pelo surto de covid-19, com menos de cem casos confirmados e quatro mortes a lamentar, mas nem por isso...
- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.