- Publicidade-
Smooth Jazz Rádio Calema
Inicio Mundo Ásia Incêndios na Indonésia ameaçam a saúde de 10 milhões de crianças

Incêndios na Indonésia ameaçam a saúde de 10 milhões de crianças

Reuters

A poluição e os gases de efeito estufa gerados pelos incêndios florestais na Indonésia estão colocando em risco a saúde de quase dez milhões de crianças, alertaram as Nações Unidas nesta terça-feira.

Os incêndios lançam fumaça tóxica na atmosfera em toda a região, o que nas últimas semanas obrigou que escolas e aeroportos fossem fechados também nos países vizinhos.

O governo indonésio enviou milhares de pessoas e aviões-tanque para combater os incêndios, em muitos casos causados por queimadas para a criação de solos aráveis.

Os incêndios são um problema recorrente no país, mas desta vez a situação é especialmente grave devido à seca.

Quase dez milhões de pessoas com menos de 18 anos – 25% delas com menos de cinco anos – vivem nas áreas mais afetadas pelos incêndios, na ilha de Sumatra e na parte indonésia da ilha de Bornéu, afirma a Agência das Nações Unidas para a proteção da criança.

As crianças pequenas são especialmente vulneráveis devido ao desenvolvimento do sistema imunológico, enquanto os bebês de mães expostas à contaminação durante a gravidez podem nascer com baixo peso ou prematuros.

- Publicidade -
- Publicidade -

Covid-19: Angolanos na África do Sul lançam “grito” de socorro

Centenas de cidadãos angolanos retidos na África do Sul por força da pandemia do coronavírus voltaram a lançar, nesta quinta-feira, um pedido para o...
- Publicidade -

Moçambique e África Sul reabrem fronteiras

O presidente da Confederação das Associações Económicas de Moçambique, Agostinho Vuma, acredita que a reabertura das fronteiras entre Moçambique e África do Sul, prevista...

Criada Biblioteca Escolar na Orquestra Camunga

A iniciativa “Um Livro Uma criança Muitas Leituras” criou, na sexta feira, a Biblioteca Escolar da Orquestra Sinfónica Camunga, na Samba, Luanda, com a...

Migrantes ilegais fogem de quartel em Tavira

Um grupo de 17 migrantes ilegais fugiu, durante a madrugada desta quinta-feira, do quartel do exército, em Tavira. Oito já foram capturados pelas autoridades, sendo...

Notícias relacionadas

Covid-19: Angolanos na África do Sul lançam “grito” de socorro

Centenas de cidadãos angolanos retidos na África do Sul por força da pandemia do coronavírus voltaram a lançar, nesta quinta-feira, um pedido para o...

Moçambique e África Sul reabrem fronteiras

O presidente da Confederação das Associações Económicas de Moçambique, Agostinho Vuma, acredita que a reabertura das fronteiras entre Moçambique e África do Sul, prevista...

Criada Biblioteca Escolar na Orquestra Camunga

A iniciativa “Um Livro Uma criança Muitas Leituras” criou, na sexta feira, a Biblioteca Escolar da Orquestra Sinfónica Camunga, na Samba, Luanda, com a...

Migrantes ilegais fogem de quartel em Tavira

Um grupo de 17 migrantes ilegais fugiu, durante a madrugada desta quinta-feira, do quartel do exército, em Tavira. Oito já foram capturados pelas autoridades, sendo...

Girabolistas da selecção realizam testes de covid-19

Cinco dos seis futebolistas que evoluem no país, convocados para a selecção nacional visando o confronto da data FIFA diante da Guiné - Bissau...
- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.