- Publicidade-
Smooth Jazz Rádio Calema
Inicio Mundo Lusófono Brasil Eduardo Bolsonaro se reúne com Steve Bannon e discute situação da Amazônia

Eduardo Bolsonaro se reúne com Steve Bannon e discute situação da Amazônia

Sputnik

Em viagem a Nova York, onde acampanha o seu pai durante a Assembleia Geral da ONU, o deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) se reuniu nesta segunda-feira (23) com o ex-assessor de Donald Trump, Steve Bannon.

Em postagem no Twitter, o deputado federal disse que conversou com o estrategista norte-americano sobre a Amazônia, entre outros temas.

“Prazer encontrar hoje com Steve Bannon e conversar, dentre outros temas, sobre como a Amazônia é usada pelo establishment internacional [globalistas] para atacar o Brasil e o Presidente Bolsonaro”, afirmou.

“O interesse não é cuidar dos índios ou da floresta e sim em construir a narrativa para amanhã pleitear – mais uma vez – a sua internacionalização. Ninguém preserva mais do que o Brasil, existem interesses por trás desse discurso ‘paz e amor’ de alguns chefes de Estado”, acrescentou em outra postagem logo em seguida.

Steve Bannon, que também é líder do movimento conservador The Movement, foi demitido da Casa Branca em 2017. Desde então vem promovendo uma onda de nacionalismo de direita em uma série de países ao redor do mundo.

- Publicidade -
- Publicidade -

“Não se concebe que em 45 anos precisemos comprar água de injecções no estrangeiro”

Euclides Sacomboio é docente no Instituto Superior de Ciências da Saúde (ISCISA) na Universidade Agostinho Neto e fala, nesta entrevista, da necessidade de uma...
- Publicidade -

Ainda sobre os enganos do discurso sobre o Estado da Nação: JLo atribui mais 6,1 mil milhões USD às RIL

ESTATÍSTICAS. Economistas consideram difícil entender lapso do Presidente da República que, ao invés de 9,3 mil milhões de dólares, disse que as Reservas Internacionais...

Activistas angolanos não cedem: Nova marcha a 11 de Novembro

Activistas culpam o Presidente João Lourenço pelos incidentes de sábado, durante a marcha em Luanda por melhores condições de vida. Segundo os organizadores, duas...

Vítimas em Cabo Delgado têm direito a ter uma história, diz Mia Couto

O escritor moçambicano Mia Couto apelou hoje à humanização do relato sobre o conflito armado em Cabo Delgado, norte do país, destacando a história...

Notícias relacionadas

“Não se concebe que em 45 anos precisemos comprar água de injecções no estrangeiro”

Euclides Sacomboio é docente no Instituto Superior de Ciências da Saúde (ISCISA) na Universidade Agostinho Neto e fala, nesta entrevista, da necessidade de uma...

Ainda sobre os enganos do discurso sobre o Estado da Nação: JLo atribui mais 6,1 mil milhões USD às RIL

ESTATÍSTICAS. Economistas consideram difícil entender lapso do Presidente da República que, ao invés de 9,3 mil milhões de dólares, disse que as Reservas Internacionais...

Activistas angolanos não cedem: Nova marcha a 11 de Novembro

Activistas culpam o Presidente João Lourenço pelos incidentes de sábado, durante a marcha em Luanda por melhores condições de vida. Segundo os organizadores, duas...

Vítimas em Cabo Delgado têm direito a ter uma história, diz Mia Couto

O escritor moçambicano Mia Couto apelou hoje à humanização do relato sobre o conflito armado em Cabo Delgado, norte do país, destacando a história...
- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.