- Publicidade-
Smooth Jazz Rádio Calema
Inicio Destaques “Angola está aberta ao mundo”, diz João Lourenço na ONU

“Angola está aberta ao mundo”, diz João Lourenço na ONU

VOA | João Santa Rita

Angola está agora aberta ao mundo e quer investimentos estrangeiros em todos os sectores da economia, disse na Assembleia Geral da ONU o Presidente João Lourenço.

Depois de abordar a situação internacional, nesta terça-feira, 24, em Nova Iorque, Lourenço aproveitou a ocasião para “destacar as profundas reformas em curso (em Angola) para construir um Estado democrático e de direito e combater a corrupção”.

O objectivo, disse o Presidente angolano, é criar uma “cultura de prestação de contas” e um ambiente de negócios mais atraente, bem como aumentar a produção interna de bens e serviços.

“O Executivo encara esses desafios com seriedade e transparência”, assegurou o Chefe de Estado, sublinhando que “Angola está aberta ao mundo e ao investimento estrangeiro em todos os domínios”.

Antes, no capítulo da política internacional, João Lourenço sublinhou os problemas do terrorismo e imigração ilegal, alguns daqueles que ameaçam a paz internacional.

Angola “defende o multilaterialismo na resolução de problemas internacionais” e, neste aspecto, Lourenço defendeu “uma reforma profunda da ONU”.

Angola, disse, defende também o alargamento do número dos membros permanentes do Conselho de Segurança, de modo a incluir África e América Latina.

No que se refere à situação em África, o Chefe de Estado angolano salientou o terrorismo “sobretudo o de cariz fundamentalista religioso” e sublinhou que a comunidade internacional deve prestar atenção à situação na Líbia, onde zonas controladas por milícias “são fontes de abastecimento logístico e de terroristas que actuam no continente”.

João Lourenço sublinhou ainda o papel de Angola na resolução de conflitos nas regiões Austral e Central de África, como no recente acordo entre o Rwanda e o Uganda.

- Publicidade -
- Publicidade -

António Guterres apela ao diálogo na Guiné-Conacri

O secretário-geral da ONU quer uma “solução pacífica” e “diálogo” para responder à crise pós-eleitoral na Guiné-Conacri. António Guterres pediu ao presidente reeleito Alpha...
- Publicidade -

FAF recebe ultimato da FIFA

A Federação Angolana de Futebol (FAF) foi notificada pela Federação Internacional de Futebol Associado (FIFA), para responder até sexta-feira (30) às acusações de irregularidades...

Norberto de Castro está autorizado a concorrer à liderança da FAF

A Federação Angolana de Futebol (FAF) foi notificada pela Federação Internacional de Futebol Associado (FIFA) para responder, até sexta-feira, às acusações de irregularidades no...

CONTEXTOS: Tempo de Oposições

Desemprego, desordem e desinformação - destes 3 Ds se fará o "Verão Quente" prestes a começar no continente africano. De um lado, uma população...

Notícias relacionadas

António Guterres apela ao diálogo na Guiné-Conacri

O secretário-geral da ONU quer uma “solução pacífica” e “diálogo” para responder à crise pós-eleitoral na Guiné-Conacri. António Guterres pediu ao presidente reeleito Alpha...

FAF recebe ultimato da FIFA

A Federação Angolana de Futebol (FAF) foi notificada pela Federação Internacional de Futebol Associado (FIFA), para responder até sexta-feira (30) às acusações de irregularidades...

Norberto de Castro está autorizado a concorrer à liderança da FAF

A Federação Angolana de Futebol (FAF) foi notificada pela Federação Internacional de Futebol Associado (FIFA) para responder, até sexta-feira, às acusações de irregularidades no...

CONTEXTOS: Tempo de Oposições

Desemprego, desordem e desinformação - destes 3 Ds se fará o "Verão Quente" prestes a começar no continente africano. De um lado, uma população...

Covid-19: Angola com 203 novos casos e 46 recuperados

Duzentos e três novas infecções, quatro óbitos e quarenta e seis recuperados foram registados, nas últimas 24 horas, em Angola. Segundo o secretário de Estado...
- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.