- Publicidade-
InicioMundo LusófonoGuiné-BissauGuiné-Bissau: empreendedorismo e moda podem alavancar a economia do país

Guiné-Bissau: empreendedorismo e moda podem alavancar a economia do país

VOA | Danielle Stescki

Aurora Espírito Santo cresceu entre tesouras e máquinas e não demorou muito para descobrir que tinha talento. Com apenas nove anos de idade coseu a sua primeira roupa e depois nunca mais parou. “Aurora Fashion” oferece às clientes que gostam de estar na moda estilo, elegância e exclusividade.

A estilista, que é autodidata, se formou em contabilidade e gestão e dedica-se integralmente à moda desde 2013, cosendo roupas femininas, masculinas e infantis.

“Faço roupas com tecidos africanos no estilo europeu”.

Aurora não tem uma loja física em Bissau e todos os seus negócios são feitos pelo Facebook.

A estilista contou que a motivação para o seu trabalho vem do gosto que ela tem de ver pessoas com roupas únicas e bonitas. E revelou que gosta quando meninas e mulheres inspiram-se nela, nas suas tendências, e nas roupas que cria.

“Quando eu lanço uma colecção em pouco tempo ela vira moda”.

Aurora apresentou o seu primeiro desfile de moda intitulado “Made in Bissau” no Hotel Palace Bissau em 2008, quando ainda estava a estudar no ano preparatório para o ensino superior. Foi nesse mesmo ano que fundou a sua empresa “Aurora Fashion”.

A estilista já participou de várias exposições e feiras nacionais, além de ter ganhado vários concursos, como o Prémio Jovem, em 2018.

Entre um trabalho e outro, Aurora procura captar fundos para um projecto que tem a finalidade de capacitar meninas nas áreas de empreendedorismo e corte e costura.

“O objectivo é emancipá-las.”

- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -

Notícias relacionadas

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.