- Publicidade-
InicioAngolaPolíticaComissão mista Angola/Rwanda reúne-se antes do final do ano

Comissão mista Angola/Rwanda reúne-se antes do final do ano

Angop

A comissão mista Angola/Rwanda vai reunir-se antes do final do ano, em Kigali, para debater o futuro da cooperação económica entre os dois países, anunciou hoje, sábado, em Luanda, o embaixador rwandês, Alfred Gakuba Kalisa.

Em declarações à imprensa, depois de ter apresentado cumprimentos de despedida ao Presidente da República, João Lourenço, no final da missão diplomática iniciada em Fevereiro de 2016, Alfred Gakuba Kalisa disse que estão a ser preparadas acções para tornar evidentes as relações económicas e comerciais entre os dois Estados.

Nesta perspectiva, considerou excelentes e em crescimento a cooperação entre ambas nações, alicerçadas pelas visitas, em 2018, do estadista angolano, João Lourenço, a Kigali, onde participou na cimeira sobre o Livre Comércio em África, e do Presidente Paul Kagame, este ano, à Luanda, para assinatura de um acordo de pacificação com o vizinho Uganda.

Outro passo concreto no relaçamento das relações política e económicas entre os dois países, frisou, é a abertura das respectivas representações diplomáticas e o acordo de isenção de vistos para cidadãos angolanos e rwandeses.

Por outro lado, o embaixador vincou o desejo, da parte rwadensa,de efectivar as ligações aéreas, brevemente, no âmbito do acordo existente no domínio da aviação civil, para aumentar a circulação de cidadãos dos dois países e as trocas comerciais de bens diversos.

Disse que o sector privado poderá, por via de ambas câmaras do Comércio, consolidar as relações económicas, onde, por enquanto, disponta a aquisição do cimento angolano.

O embaixador cessante do Rwanda enalteceu a contribuição angolana na promoção a paz e estabilidade no continente.

- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -

Notícias relacionadas

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.