Ensa
Portal de Angola
Informação ao minuto

Governador quer combate “cerrado” à corrupção na educação

ZAIRE: PEDRO MAKITA ARMANDO JÚLIA, GOVERNADOR PROVINCIAL (FOTO: PEDRO MUNIZ VIDAL)

O governador do Zaire, Pedro Makita Armando Júlia, reiterou, nesta sexta-feira, em Mbanza Kongo, a necessidade do combate cerrado à corrupção, ao nepotismo e outros males conexos no sector da educação.

Na sua breve intervenção na cerimónia de tomada de posse de novos responsáveis do sector, o governante apelou-os a colocarem o interesse público acima dos desígnios pessoais.

“A permanência nos cargos para os quais foram nomeados depende unicamente do vosso desempenho”, alertou o governador, lembrando aos empossados que o novo paradigma da governação do país não se compadece com os vícios que comprometem o serviço público.

Falando à Angop, no final da cerimónia, o director do Gabinete Provincial da Educação, José Luís Amélia, explicou que as mudanças no quadro do pessoal no sector visam imprimir maior dinamismo à ingente tarefa de melhoraria da qualidade do ensino.

Para o novo chefe de Departamento da Educação, Ensino Geral, Ciência, Tecnologia e Inovação, José Mabondo Nsoki, a melhoria da qualidade do ensino passa, necessariamente, pela aposta na formação e capacitação do corpo docente.

O responsável defende que só podem ingressar no quadro do pessoal docente os técnicos formados no ramo e que possuem agregação pedagógica.

Eduardo Mamona Seles, que também tomou posse, antevê desafio na gestão do complexo escolar nº1 de Mbanza Kongo, que a partir do presente ano lectivo deixou de atender apenas alunos do ensino primário, passando a acolher discentes do I ciclo do ensino secundário.

Avançou que a instituição deverá acolher, no próximo ano lectivo, um universo de três mil e 553 alunos nos dois níveis de escolaridade, com um corpo docente acima dos 81 professores.

Tomaram ainda posse, o novo administrador adjunto da comuna do Luvo, Kandu Eduardo Freitas, e três outros gestores de instituições de ensino neste município sede da província do Zaire, nomeados recentemente pelo governador.

Com um universo de 156 mil e 276 alunos matriculados no presente ano lectivo, a província conta com quatro mil e 592 docentes. Tem duas mil 273 salas de aula.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está bem com isso, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Leia mais

Translate »