Radio Calema
InicioDestaquesEmbaixador António Luvualu de Carvalho acreditado pelo Presidente da República da Guiné...

Embaixador António Luvualu de Carvalho acreditado pelo Presidente da República da Guiné Equatorial

O Embaixador Extraordinário e Plenipotenciário da República de Angola na República da Guiné Equatorial António Luvualu de Carvalho, foi acreditado pelo Chefe de Estado daquele país Teodoro Obiang Nguema Mbasogo.

A cerimónia de acreditação aconteceu nesta quinta-feira 19 de Setembro de 2019 no Salão Nobre do Palácio do Presidencial em Malabo e foi presenciada por Ministros do Governo da República da Guiné Equatorial, Secretários do Presidente da República e por Diplomatas da Embaixada de Angola na Guiné-Equatorial.

Foram também acreditados no mesmo dia os Embaixadores da República Federal da Alemanha Ralph Timmerman e da República da Índia Man Mohan Branot.

Segundo notas da imprensa local, na Cerimónia de acreditação do Embaixador angolano, o Presidente Obiang Nguema Mbasogo transmitiu ao Diplomata angolano o desejo do seu país em aprofundar as relações bilaterais com Angola ao que o diplomata angolano respondeu que é o desejo recíproco de Angola para com a Guiné-Equatorial.

A República da Guiné Equatorial, país localizado no Golfo da Guiné e que faz fronteira com a Nigéria, os Camarões e São Tomé e Príncipe, é desde o início da década de 2000 um dos maiores produtores africanos de petróleo sendo actualmente um dos cinco maiores produtores de petróleo do continente africano e um importante produtor de Gás natural.

A República de Angola teve a sua Embaixada aberta na República da Guiné Equatorial em Abril de 2006 tendo sido Embaixadores naquele país Armando Cadete e Gilberto Buta Lutukuta.

(Nota de imprensa enviada a nossa redação com pedido de publicação)

Siga-nos

0FansCurti
0SeguidoresSeguir
0InscritosSe inscrever

Últimas notícias

Notícias relacionadas

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.