- Publicidade-
Smooth Jazz Rádio Calema
Inicio Destaques Novo vírus poderá matar 80 milhões de pessoas em 36 horas -...

Novo vírus poderá matar 80 milhões de pessoas em 36 horas – OMS

Reuters

O mundo está a enfrentar uma ameaça crescente de doenças pandêmicas que poderiam matar milhões e devastar a economia global, alertou um painel internacional de especialistas, e os governos deveriam trabalhar para se preparar e mitigar o risco.

O Conselho de Monitoramento para a Preparação Global (GPMB), montado em conjunto pelo Banco Mundial e pela Organização Mundial da Saúde (OMS), alertou que doenças propensas a epidemias como o ébola, a gripe e a sars são cada vez mais difíceis de gerenciar em um mundo dominado por longos conflitos, Estados frágeis e imigração forçada.

“A ameaça de uma pandemia espalhar-se pelo mundo é real”, disse o grupo em um relatório. “Um patógeno rápido teria potencial para matar dezenas de milhões de pessoas, desorganizando economias e desestabilizando a segurança nacional.”

Embora alguns governos e agências internacionais tenham feito esforços para estar vigilantes e se prepararem para grandes surtos de doenças desde o devastador surto de ebola na África Ocidental entre 2014 e 2015, esses esforços são “grosseiramente insuficientes”, afirma o relatório.

Gro Harlem Brundtland, um ex-diretor da OMS que co-presidiu o conselho, acrescentou que as atuais abordagens a emergências de doenças e saúde são “caracterizadas por um ciclo de pânico e negligência”.

O relatório citou a pandemia de 1918 de “gripe espanhola”, que matou estimadas 50 milhões de pessoas. Com vastos números de pessoas cruzando o mundo em aviões todos os dias, um surto equivalente de doença transmitida pelas vias aéreas poderia se espalhar de maneira global em menos de 36 horas, matando entre 50 e 80 milhões de pessoas, varrendo aproximadamente 5% da economia global, afirma o documento.

No caso de uma pandemia, muitos sistemas nacionais de saúde, –especialmente em países pobres– entrariam em colapso.

“A pobreza e a fragilidade exacerbam surtos de doenças infecciosas e ajudam a criar as condições para que as pandemias aconteçam”, disse Axel van Trotsenburg, diretor-executivo interino do Banco Mundial e um membro do painel.

Convocando governos a “prestar atenção nas lições que esses surtos estão nos ensinando” e “consertar o telhado antes da chuva chegar”, o diretor-geral da OMS, Tedros Adhanom Ghebreyesus, disse que deveria haver mais investimentos para fortalecer sistemas de saúde, pesquisa e novas tecnologias, melhoramento da coordenação, e instauração de sistemas de comunicação mais rápidos para monitorar o progresso de maneira contínua.

A OMS também alertou neste ano que uma outra pandemia de gripe – que é causada por vírus transmitidos pelo ar – é inevitável, e que o mundo deveria se preparar para isso.

- Publicidade -
- Publicidade -

Imunidades de Manuel Vicente vão ser reavaliadas pela PGR

As imunidades que protegem o ex-vice-Presidente angolano, Manuel Vicente, de processos judiciais vão ser reavaliadas pela Procuradoria-Geral da República de Angola, avançou à Lusa...
- Publicidade -

Cantora gospel é agredida pelo marido em pleno shopping no Rio de Janeiro

O cantor gospel Juninho Black publicou em sua conta do Instagram um vídeo onde mostra sua irmã, a cantora Quesia Freitas, sendo agredida pelo...

Crédito avaliado em 272,7milhões

O crédito registado no âmbito do Programa de Reconversão da Economia Informal está, até ao momento, avaliado em 272,7 milhões de kwanzas, segundo dados...

Zona Económica Especial: Privatizações mantêm os postos de trabalho

Os empregos dos colaboradores das empresas em processo de privatização na Zona Económica Especial (ZEE) Luanda - Bengo estão salvaguardados mesmo depois dos activos...

Notícias relacionadas

Imunidades de Manuel Vicente vão ser reavaliadas pela PGR

As imunidades que protegem o ex-vice-Presidente angolano, Manuel Vicente, de processos judiciais vão ser reavaliadas pela Procuradoria-Geral da República de Angola, avançou à Lusa...

Cantora gospel é agredida pelo marido em pleno shopping no Rio de Janeiro

O cantor gospel Juninho Black publicou em sua conta do Instagram um vídeo onde mostra sua irmã, a cantora Quesia Freitas, sendo agredida pelo...

Crédito avaliado em 272,7milhões

O crédito registado no âmbito do Programa de Reconversão da Economia Informal está, até ao momento, avaliado em 272,7 milhões de kwanzas, segundo dados...

Zona Económica Especial: Privatizações mantêm os postos de trabalho

Os empregos dos colaboradores das empresas em processo de privatização na Zona Económica Especial (ZEE) Luanda - Bengo estão salvaguardados mesmo depois dos activos...

Modelo da Vogue mata namorado esfaqueado por ciúmes na Rússia

De acordo com a mãe da modelo, Lilia Sudakova, de 26 anos, era vítima de violência doméstica do marido e agiu em legítima defesa A...
- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.