InicioMundoÁfricaMédicos no Zimbabwe em greve denunciam ameaças de morte

Médicos no Zimbabwe em greve denunciam ameaças de morte

Médicos em greve no Zimbabwe denunciaram nesta quarta-feira, 18, ter recebido ameaças de morte por parte de agentes de segurança do Estado, depois de a polícia ter impedido mais um protesto contra o desaparecimento do presidente da Associação de Médicos do Hospital do Zimbabwe, Peter Magombeyi, no passado sábado, 14.

Edric Nhema, escreve a VOA, secretário-geral do Sindicato dos Enfermeiros e que fazia parte da equipa de negociação salarial com Magombeyi, revelou que antes da marcha ele havia recebido ameaças de morte de pessoas desconhecidas.

“As provas das ameaças estão disponíveis em mensagens de áudio e texto”, lê-se num documento entregue às autoridades.

A polícia recusou comentar as acusações.

Siga-nos

0FansCurti
0SeguidoresSeguir
0InscritosSe inscrever

Últimas notícias

Notícias relacionadas

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.