Ensa
Portal de Angola
Informação ao minuto

Dia do herói nacional marcado pelo içar da bandeira

O içar da bandeira monumento no Museu de História Militar, a deposição de coroa de flores no sarcófago do Fundador da Nação, António Agostinho Neto, no Memorial, marcaram hoje, terça-feira, em Luanda, as comemorações do 97º aniversário natalício do Herói Nacional. (DR)

O içar da bandeira monumento no Museu de História Militar, a deposição de coroa de flores no sarcófago do Fundador da Nação, António Agostinho Neto, no Memorial, marcaram hoje, terça-feira, em Luanda, as comemorações do 97º aniversário natalício do Herói Nacional.

Ambas actividades, escreve Angop, foram presididas pelo governador da província de Luanda, Sérgio Luther Rescova Joaquim.

Juntou-se também a celebração, a ministra da educação, Cândida Teixeira, que depositou no Monumento do Soldado Desconhecido uma coroa de flores.

Em declarações à imprensa, o governador de Luanda, Sérgio Luther Rescova Joaquim, apelou a preservação do legado do Fundador da Nação por todos os angolanos, para o contínuo trabalho de desenvolvimento do país.

Por sua vez, a ministra da educação, Cândida Teixeira, recordou que está em curso a reformulação de manuais escolares, com a intenção de introduzir nos mesmos, até 2022, conteúdos que têm a ver com os locais históricos do país e das personalidades históricas, para conhecimento das novas gerações.

O primeiro Presidente de Angola, António Agostinho Neto, nasceu a 17 de Setembro de 1922, na Aldeia de Caxicane e faleceu no dia 10 de Setembro, em 1979, por doença, na antiga União das Repúblicas Socialistas Soviética (URSS), actualmente Rússia.

A bandeira que pesa 40 quilos, tem 18 metros de comprimento e 12 de largura, é içada num mastro de 75 metros de altura, suporta ventos até 200 quilómetros e pode ser vista a partir de todos os pontos da baixa de Luanda.

A Bandeira Monumento foi hasteada pela primeira vez no Museu Nacional de História Militar, antiga Fortaleza de São Miguel, num acto presidido pelo Ex-Presidente da República, José Eduardo dos Santos, no dia 4 de Abril de 2013.

É hasteada a 4 de Janeiro (Dia dos Mártires da Repressão Colonial Baixa de Kassanje), 4 de Fevereiro (Início da Luta Armada de Libertação Nacional), 8 de Março (Dia Internacional da Mulher), 4 de Abril (Dia da Paz e da Reconciliação Nacional), 1 de Maio (Dia Internacional dos Trabalhadores) e a 25 de Maio (Dia de África).

Hasteada igualmente para manutenção, no primeiro domingo do mês de Julho e no primeiro domingo do mês de Agosto, a 17 de Setembro (Dia do Fundador da Nação e do Herói Nacional), no primeiro domingo do mês de Outubro, a 11 de Novembro (Dia da Independência Nacional) e a 25 de Dezembro (Dia de Natal e da Família).

Também pode gostar

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está bem com isso, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Leia mais

Translate »