Ensa
Portal de Angola
Informação ao minuto

ONU indica que cerca de um milhão de pessoas enfrentam escassez de alimentos em Moçambique

Trinta e oito mil crianças em risco de desnutrição severa (DR)

O porta-voz da Organização das Nações Unidas (ONU), Stephane Dujarric, revelou que “cerca de um milhão de pessoas, entre elas 160 mil crianças menores de cinco anos de idade, no norte de Moçambique, enfrentam escassez de alimentos e uma crise nutricional”.

Num encontro com a imprensa, nesta segunda-feira, 16, avança a VOA, Dujarric cita um comunicado do Fundo das Nações para a Infância (Unicef), que indica que “as condições deverão piorar nos próximos meses”.

“Cerca de 38 mil crianças poderão ficar extremamente mal-nutridas e em risco de morte no mesmo período”, alerta o Unicef, lembrando as ameaças que isso também acarreta a nível da saúde das crianças.

“Como um dos países mais pobres do mundo, pobreza multidimensional significa que muitas crianças enfrentam condições que impedem o normal desenvolvimento físico e cognitivo”, lê-se na nota, acrescentando que Moçambique voltou a ser afectado pela pelagra, uma doença associada à falta de vitamina B3 ou ácido nicotínico, com mais de 600 casos conhecidos.

“A terrível situação é resultado directo da devastação causada pelos ciclones Idai e Kenneth, que ocorreu no primeiro trimestre desde ano”, lembrou o porta-voz da ONU.

O Unicef, entretanto, alerta que Moçambique necessita de mais 68,5 milhões de dólares até Maio de 2020, para o financiamento dos seus programas para crianças e mulheres, estimados num valor de 102,6 milhões de dólares.

Neste momento, o Unicef atende 10 mil crianças desnutridas com suplementos alimentares e faz o rastreio de 735 mil crianças menores de cinco anos em risco de mal-nutrição aguda.

A nível geral, as Nações Unidas informaram pretender angariar 398 milhões de dólares para apoiar a população afectada pelos ciclones.

Também pode gostar

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está bem com isso, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Leia mais

Translate »