Ensa
Portal de Angola
Informação ao minuto

Agente da Polícia Nacional mata cidadão em Benguela

Imagem ilustrativa (DR)

Um cidadão, identificado como Adolfo Sukumula Kandjongo, de 36 anos de idade, foi morto por disparo de arma de fogo na madrugada desta segunda-feira, efectuado supostamente por um agente da Policia Nacional, soube hoje a Angop.

De acordo com uma nota do Comando Provincial da Policia Nacional, o acto ocorreu por volta das 00h30 minutos, numa lanchonete defronte a escola Puniv, bairro do Quioche, município de Benguela, quando o autor, que se encontrava de folga, efectuou disparos com uma pistola de marca Jericho, tendo atingido a vítima na região direita do tórax e o projéctil saiu do lado esquerdo.

A vítima ainda foi socorrida, mas acabou por falecer a caminho do Hospital Geral de Benguela, enquanto o agente policial, identificado, encontra-se já detido e a arma de fogo apreendida, para se determinar as causas do sucedido.

Face a situação, o comando da Policia Nacional lamenta a ocorrência e realça que o autor do crime será responsabilizado criminal e disciplinarmente pelo facto, de forma exemplar.

Entretanto, em declarações à Angop, o director do Gabinete de Comunicação e Informação da delegação do Minint em Benguela, superintendente chefe Pinto Caimbambo, afirmou que nas últimas 24 horas, o Comando Provincial da PN registou outros cinco crimes diversos, mais um em relação ao mesmo período anterior.

Deu a conhecer que dos crimes, todos esclarecidos, figuram um roubo, um furto, posse de 100 quilogramas de estupefaciente (liamba), uma tentativa de suborno e uma assuada e resultaram na detenção de seis cidadãos supostos criminosos (+3).

Quanto aos acidentes de viação, foram registados no período em referência três casos, igual número em relação ao mesmo período passado, que causaram 14 feridos, tendo ocorrido dois no município do Lobito e um no Balombo, cujas naturezas foram um choque contra obstáculo fixo e dois capotamentos.

Também pode gostar

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está bem com isso, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Leia mais

Translate »