Ensa
Portal de Angola
Informação ao minuto

Restos de navio que levava apóstolo Paulo para Roma são encontrados perto de Malta

Investigadores do Instituto de Arqueologia, Buscas e Explorações da Bíblia (BASE, na sigla em inglês) tentaram encontrar evidências arqueológicas dos eventos descritos nos Atos dos Apóstolos. (DR)

Investigadores do Instituto de Arqueologia, Buscas e Explorações da Bíblia (BASE, na sigla em inglês) tentaram encontrar evidências arqueológicas dos eventos descritos nos Actos dos Apóstolos.

São Paulo, avança a Sputnik, uma das figuras principais do Cristianismo, é considerado ter naufragado junto a Malta em sua viagem para Roma, como é descrito nos Actos dos Apóstolos.

Os exploradores do BASE afirmam ter identificado uma das âncoras em uma área parecida com a discrição do local do naufrágio do apóstolo Paulo.

O fundador do BASE e estudioso da Bíblia, Bob Cornuke, viajou para Malta onde ele afirma ter desenterrado uma âncora que data do primeiro século, encontrada em uma localidade correspondente às descrições bíblicas. Cornuke declara que a Baía de São Tomás, na costa sudeste de Malta, é o lugar mais provável do naufrágio bíblico.

BASE anuncia no seu site que, nos anos de 1960, mergulhadores descobriram quatro âncoras, mas só uma sobreviveu, pois os mergulhadores não sabiam o que eles tinham realmente encontrado.

As duas primeiras foram fundidas para fazer cintos de mergulho, a terceira se perdeu e a quarta ficou na posse da viúva de um dos mergulhadores.

“Essa âncora pode ser o único artefacto mencionado no Novo Testamento que foi recuperado e preservado na nossa era, dois mil anos depois do fato”, disse Cornuke.

O BASE também afirma que outros aspectos batem certo com a história do naufrágio de São Paulo, como a geografia da área, que coincide com as descrições bíblicas: a praia arenosa e a profundidade de água. O Ato 27:28 diz que a água era de 27 metros de profundidade. E é na verdade assim.

“Todos esses factores tomados em conjunto são argumentos muito convincentes de que não só a Baía de São Tomás de hoje é o lugar correto do naufrágio de Paulo [mas também que] as quatro âncoras retiradas recentemente dessas águas eram essas mesmos âncoras mencionadas nos Actos”, explica.

Malta no livro bíblico Actos dos Apóstolos
Malta tem uma longa tradição de ligação com São Paulo.

O livro bíblico Actos dos Apóstolos afirma que o barco de São Paulo naufragou junto da costa de Malta.

É dito que São Paulo viajava com o apóstolo Lucas e que eles se dirigiam para Roma para lançar um apelo a César, quando o navio naufragou na tempestade e foi destruído em pedaços pelas ondas.

Segundo a Bíblia, os pescadores soltaram as quatro âncoras do navios e lançaram-nas no mar na sua luta para sobreviver.

Muitos estudos foram realizados para encontrar provas do naufrágio bíblico junto à costa arenosa de Malta.

Também pode gostar

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está bem com isso, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Leia mais

Translate »