Ensa
Portal de Angola
Informação ao minuto

Kremlin: ataque na Saudi Aramco é ‘alarmante para o mercado de petróleo’

Neste domingo (15), o porta-voz do Kremlin, Dmitry Peskov, falou à imprensa sobre o recente ataque contra a instalações de petróleo na Arábia Saudita. (DR)

Neste domingo (15), o porta-voz do Kremlin, Dmitry Peskov, falou à imprensa sobre o recente ataque contra a instalações de petróleo na Arábia Saudita.

Peskov classificou o incidente como alarmante e disse que o ataque não ajuda a estabilizar o mercado de energia. Além disso, o porta-voz comentou que presidente da Rússia, Vladimir Putin, está ciente sobre o ocorrido.

“O ataque de drones à infraestrutura de petróleo na Arábia Saudita é um evento alarmante para o mercado de petróleo […]. É claro que qualquer turbulência não ajuda a estabilizar o mercado de energia […]. O presidente [Vladimir Putin] está ciente desse incidente”, disse Peskov ao jornal russo Vedomosti, citado pela Sputnik.

Peskov também afirmou que a Arábia Saudita não procurou ajuda da Rússia após o ataque, acrescentou.

“Não se sabe se eles precisam de ajuda. É improvável. Eles próprios têm todas as capacidades necessárias”, disse Peskov.

O ataque com drones causou incêndios maciços em duas instalações de petróleo da petrolífera Saudi Aramco no sábado (14). Os incêndios, em particular, atingiram a refinaria de Abqaiq, na província oriental, e uma instalação de processamento de petróleo perto do campo de petróleo de Khurais, localizada a cerca de 160 quilómetros a leste de Riade.

O movimento rebelde houthi iemenita assumiu a responsabilidade pelos ataques, enquanto o secretário de Estado dos Estados Unidos, Mike Pompeo, acusou o Irão pelo incidente. Teerão refutou as alegações dos EUA.

Também pode gostar

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está bem com isso, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Leia mais

Translate »