Radio Calema
InícioDestaquesGestante morre por falta de médicos na Lunda Sul

Gestante morre por falta de médicos na Lunda Sul

Uma gestante de 21 anos de idade, residente na comuna do Chiluange, município da Muconda, a 190 quilómetros de Saurimo, faleceu quarta-feira, na Maternidade Provincial da Lunda-Sul, por insuficiência de médicos na unidade hospitalar, escreve o JA.

Em declarações à imprensa, Massongo Caiombo, mãe da vítima, explicou que na altura da ocorrência, os médicos em serviço prestavam assistência a outras pacientes.

“A vítima encontrava-se em estado de parto e precisava de cesariana, o que acabou por não acontecer, porque os médicos se encontravam a atender outras pacientes”, lamentou.

Por seu turno, a directora da unidade sanitária, Guilhermina Pereira, justificou que o único bloco operatório estava ocupado com outras pacientes no mesmo estado.

Naquela noite, precisou, a maternidade recebeu três pacientes em estado crítico, que estavam a ser observadas por três médicos em serviço, resultando na demora no atendimento.

A propósito, a directora do Gabinete Provincial da Acção Social Família e Igualdades do Género, Maria Martins, prometeu apoiar a família da vítima na transladação do corpo à comuna do Chiluange e na realização do funeral.

Siga-nos

0FãsCurtir
0SeguidoresSeguir
0InscritosInscrever

Últimas notícias

Notícias relacionadas

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.