- Publicidade-
Smooth Jazz Rádio Calema
Inicio Destaques Em cada mil raparigas angolanas, 163 são mães

Em cada mil raparigas angolanas, 163 são mães

Jornal de Angola|Domingos Mucuta

Em cada mil raparigas na faixa etária dos 15 aos 18 anos no país, 163 são mães, uma situação que preocupa as autoridades e a sociedade, revelou ontem, no Lubango, província da Huíla, o especialista de programas para questões de género, jovens e situações humanas do Fundo das Nações Unidas para a População (FNUAP) em Angola.

Baseando-se nos resultados dos indicadores múltiplos e de saúde, do Instituto Nacional de Estatísticas (INE), de 2015-2016, Luís Samacumbi disse o país detém a segunda maior taxa da África Subsariana, atrás de Moçambique onde 42 por cento das meninas tiveram filhos antes dos 18 anos.

O oficial da FNUAP ressaltou, na Roda de Conversa denominada “Reflexões sobre compromissos nacionais, regionais e internacionais sobre questões do género”, que os indicadores de gravidez na adolescência em Angola se elevam a 239 adolescentes em cada mil raparigas na zona rural. Referiu que quanto à violência, 33 por cento das mulheres dos 15 aos 49 anos já sofreram algum tipo de violência física ou sexual.

Luís Samacumbi considera preocupante os dados apresentados pelo FNUAP, o Go-verno e parceiros sociais, por-
que constam dos compromissos assumidos pelos líderes há 25 anos na Conferência Internacional sobre População e Desenvolvimento (CIPD), realizado no Cairo, Egipto.

Luís Samacumbi indicou que os estados assumiram também o compromisso de acabar com todas as formas de violência baseada no género e práticas nocivas contra mulheres e meninas, como o casamento infantil e a gravidez na adolescência. “Outro compromisso importante na CIPD, em 1994, foi envidar esforços para a redução das mortes maternas, cuja razão em Angola situa-se em 239 óbitos de mulheres a cada 100 mil nascidos vivos”.

Luís Samacumbi disse que o FNUAP reconhece que Angola tem, de acordo com as estatísticas existentes, registado avanços notáveis na promoção da igualdade e do acesso equitativo entre homens e mulheres ao processo de de-senvolvimento e no combate à discriminação e violência, com base no género.

Segundo o documento do FNUAP, tais avanços estão plasmados na legislação, políticas e planos de acção enquadrados para o combate à violação dos direitos humanos das mulheres, fortalecendo as estruturas nacionais de intervenção em prol da integração social, cultural, económica e política.

O documento sublinha que, apesar dos avanços, há ainda algumas dificuldades, como cerca de 33 por cento das mulheres dos 15 aos 24 anos que não sabem ler, em comparação com 16 por cento dos homens. Lembrou que no geral, apenas 60 por cento das mulheres são alfabetizadas em comparação com 84 por cento dos homens.

A vice-governadora da Huíla para o sector Social, Político e Económico, Maria João Chipalavela, realçou a importância do evento, referindo ser um acto de oportunidade e de reflexões relacionadas com o empoderamento da mulher na construção da sociedade.

A Roda de Conversa, financiado pelo FNUAP, foi promovida pela plataforma Rede Mulher em parceria com o Ministério da Acção Social, Família e Promoção da Mulher (MASFAMU) e Governo da Província da Huíla.

FNUAP em Angola está comprometido em trabalhar com as entidades governamentais e respectivos parceiros para avançar as prioridades nacionais no tocante a igualdade e equidade de género e assegurar um mundo onde toda a gravidez seja desejada; cada parto seja seguro e o potencial de cada jovem seja alcançado.

- Publicidade -
- Publicidade -

Cabinda: MP decreta prisão preventiva para 14 homens acusados de burlar pessoas através de falsos perfis no Facebook

O Ministério Público (MP) decretou a prisão preventiva a 14 homens, acusados de integrar uma rede de burla e criarem falsos perfis na rede...
- Publicidade -

Ex-director da Elite Models na Europa investigado por violação de modelos

O antigo director da agência Elite Models na Europa, Gerald Marie, está a ser investigado pelas autoridades francesas por suspeitas de violação e agressão...

Comissão de Reforma da IURD condena e se demarca da falsificação de documentos

A Comissão de Reforma da Igreja Universal em Angola demarcou-se recentemente de actos de irregularidade na tramitação do processo para a certificação da sua...

Covid-19: Desorganização marca o primeiro dia de testes dos professores do ensino geral

Aglomerações, sem o mínimo distanciamento recomendado, longas filas e muitas reclamações dos professores é o cenário que se verifica nas instalações do INE-Marista, no...

Notícias relacionadas

Cabinda: MP decreta prisão preventiva para 14 homens acusados de burlar pessoas através de falsos perfis no Facebook

O Ministério Público (MP) decretou a prisão preventiva a 14 homens, acusados de integrar uma rede de burla e criarem falsos perfis na rede...

Ex-director da Elite Models na Europa investigado por violação de modelos

O antigo director da agência Elite Models na Europa, Gerald Marie, está a ser investigado pelas autoridades francesas por suspeitas de violação e agressão...

Comissão de Reforma da IURD condena e se demarca da falsificação de documentos

A Comissão de Reforma da Igreja Universal em Angola demarcou-se recentemente de actos de irregularidade na tramitação do processo para a certificação da sua...

Covid-19: Desorganização marca o primeiro dia de testes dos professores do ensino geral

Aglomerações, sem o mínimo distanciamento recomendado, longas filas e muitas reclamações dos professores é o cenário que se verifica nas instalações do INE-Marista, no...

Entre o silêncio e o gueto

No texto anterior desta coluna, lembrei que a presença africana em Portugal, incluindo quer os berberes e os árabes do norte de África quer...
- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.