Ensa
Portal de Angola
Informação ao minuto

Coleção de Culturas de Bactérias da Universidade de Coimbra apresentada no Dia Internacional do Microrganismo

(DR)

A 17 de setembro celebra-se o Dia Internacional do Microrganismo. A Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade de Coimbra (FCTUC) junta-se às comemorações, em linha com outras instituições do país, da Europa e do mundo, promovendo várias iniciativas, entre os dias 14 e 17 de setembro, com a colaboração do Exploratório – Centro Ciência Viva de Coimbra.

Do programa, que inclui várias apresentações sobre a importância dos microrganismos no desenvolvimento de estratégias sustentadas para a na nossa sociedade, destaca-se a apresentação pública da Coleção de Culturas de Bactérias da Universidade de Coimbra (UCCCB), que terá lugar no dia 17 de setembro, pelas 12 horas.

Instalada na plataforma técnica do Departamento de Ciências da Vida da FCTUC, a UCCCB é a primeira coleção portuguesa de bactérias registada e reconhecida pela Federação Mundial de Coleções de Cultura (WFCC – World Federation of Culture Collections).

Tem por missão identificar, preservar, caracterizar e distribuir estirpes bacterianas de referência e recursos genéticos e, ao mesmo tempo, oferecer serviços orientados para o cliente, contribuindo assim para aumentar a compreensão sobre os microrganismos e a sua diversidade, de modo a fomentar a aplicação dos recursos biológicos na solução dos problemas.

Para Paula Morais, coordenadora do Laboratório de Microbiologia da FCTUC e responsável pela coleção, «além de contribuir para a salvaguarda do património biológico português e para a implementação da Convenção das Nações Unidas para a Diversidade Biológica, esta coleção disponibiliza recursos microbianos confiáveis e relevantes para a comunidade científica nacional e internacional, bem como para a indústria».

A UCCCB é constituída por bactérias isoladas por investigadores da Faculdade de Ciências e Tecnologia e da Faculdade de Farmácia, de amostras de vários ambientes, designadamente bactérias isoladas a partir de amostras de doentes internados em hospital, em particular isoladas de Helicobacter, Pseudomonas aeruginosa e Staphylococcus.

Contém também bactérias isoladas de água e sedimentos de zonas hidrotermais no fundo do oceano, bactérias isoladas de plantas, endofíticas ou patogénicas, bactérias isoladas de rãs, de nemátodes, entre outras.

O Dia Internacional do Microrganismo tem como objetivo divulgar e promover a Microbiologia como vasta área de atividade profissional e de carreira e consciencializar a sociedade para o papel essencial que estes seres vivos muito diversos desempenham nas Ciências da Vida, no ambiente e desenvolvimento sustentável, na saúde e qualidade de vida, bem como sobre o seu potencial como produtores de materiais em Biotecnologia.

Todas as celebrações promovidas pela FCTUC estão associadas ao II Encontro de Formação Ciência Viva, que decorre entre 16 e 18 de setembro, e ainda ao festival Brew!Coimbra.

Em Portugal, o Dia Internacional do Microrganismo é promovido pela Sociedade Portuguesa de Microbiologia (SPM), em parceria com a Ciência Viva – Agência Nacional para a Cultura Científica e Tecnológica, a Ordem dos Biólogos (OBio) e a Sociedade Portuguesa de Ecologia (SPECO), com o alto patrocínio da Comissão Nacional da UNESCO (CNU).

A FEMS (Federation of the European Microbiology Societies) apoia internacionalmente o Dia através das sua vasta rede de profissionais da Microbiologia.

(Nota enviada ao Portal de Angola com pedido de publicação)

Também pode gostar

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está bem com isso, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Leia mais

Translate »