- Publicidade-
Smooth Jazz Rádio Calema
Inicio Angola Sociedade Lubango recebe mais de 21 milhões de dólares do PIIM

Lubango recebe mais de 21 milhões de dólares do PIIM

O Plano Integrado de Intervenção dos Municípios (PIIM), tem destinado para o Lubango município sede da província da Huíla, uma verba de 8.838.608.000 kwanzas, valor equivalente a pouco mais de 21 milhões de dólares norte-americanos.

Conhecidos os valores a Administração Municipal do Lubango, avança a VOA, acaba de lançar o concurso público para a adjudicação de mais de quinze projectos sociais em que se destacam a construção de escolas, estradas secundárias e terciárias na periferia da cidade.

O administrador municipal do Lubango, Armando Vieira, já tem no horizonte o arranque das empreitadas no âmbito do PIIM.

«Acreditamos que dentro de 30 a 45 dias estaremos em condições de dar início ao programa de intervenção municipal (PIIM)”, disse.

Olhando para os exemplos de má gestão do passado, o pastor evangélico Dinis Eurico, pede rigor nas contas nesta nova era do país e que os projectos sociais acima de tudo se reflictam na vida das populações.

«Temos ouvido falar de milhões e milhões que são roubados nesse país, quer dizer que se há alguns milhões que se entregam para ajudar as pessoas o que eu espero é que aqueles que vão gerir isso nos digam o que o dinheiro está a fazer, que nos mostrem realmente onde é que o dinheiro foi!”, disse.

O secretário provincial da UNITA, Augusto Samuel, defende uma fiscalização das verbas que passa por uma informação transparente da gestão dos fundos a começar mesmo pela fase dos concursos públicos de adjudicação das obras.

«A fiscalização tem de ser feita com transparência colocar esses programas a luz do dia”, disse.

“Para além do MPLA existem outras forças ao nível do parlamento aqui nas províncias e não faria mal os partidos políticos poderem ter uma informação mais precisa de como isso se faz.”, acrescentou afirmando ainda que a transparência é necessária para se evitar situações de empresas a gerirem obras “sem se saber se houve concurso ou não».

Conhecidos os fundos do PIIM para o município do Lubango.

- Publicidade -
- Publicidade -

Presidente do PRS: “Quem adiou as autarquias em Angola foi o Presidente da República”

A acusação é de Benedito Daniel, presidente do Partido de Renovação Social (PRS), em réplica ao discurso sobre o "Estado da Nação" proferido pelo...
- Publicidade -

Moçambique: Cadeia provincial de Inhambane sobrelotada e sem condições

A cadeia provincial de Inhambane, no sul de Moçambique, tem o dobro de reclusos que a sua capacidade poderia suportar. Detidos ouvidos pela DW África reclamam falta...

Valentino Rossi acusa positivo à Covid-19 e falha GP de Aragão

Valentino Rossi informou recentemente que acusou positivo no teste feito à Covid-19. O piloto italiano de MotoGP não se estava a sentir bem, como...

Henri Lopes: “No Congo, a independência era assustadora”

Ex-primeiro-ministro e ex-embaixador do Congo na França, o escritor Henri Lopes conta a atmosfera confusa que reinou no Congo nas décadas de 1960 e...

Notícias relacionadas

Presidente do PRS: “Quem adiou as autarquias em Angola foi o Presidente da República”

A acusação é de Benedito Daniel, presidente do Partido de Renovação Social (PRS), em réplica ao discurso sobre o "Estado da Nação" proferido pelo...

Moçambique: Cadeia provincial de Inhambane sobrelotada e sem condições

A cadeia provincial de Inhambane, no sul de Moçambique, tem o dobro de reclusos que a sua capacidade poderia suportar. Detidos ouvidos pela DW África reclamam falta...

Valentino Rossi acusa positivo à Covid-19 e falha GP de Aragão

Valentino Rossi informou recentemente que acusou positivo no teste feito à Covid-19. O piloto italiano de MotoGP não se estava a sentir bem, como...

Henri Lopes: “No Congo, a independência era assustadora”

Ex-primeiro-ministro e ex-embaixador do Congo na França, o escritor Henri Lopes conta a atmosfera confusa que reinou no Congo nas décadas de 1960 e...

RDC: batalha entre Kabila e Tshisekedi pelo controle do Tribunal Constitucional

Félix Tshisekedi e seu antecessor Joseph Kabila têm travado uma batalha feroz pelo controle do Tribunal Constitucional há várias semanas. Na véspera da posse dos...
- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.